Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crise da Varig

Juiz autoriza arresto dos bens da Varig para funcionários

Os funcionários da Varig obtiveram uma vitória em meio à crise financeira que assola a empresa. O juiz Evandro Guimarães, da 14ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, autorizou o arresto dos bens da companhia para os funcionários. As informações são da Agência Estado.

Segundo a agência, a ação pedindo o arresto foi movida pelo Sindicato Nacional de Aeronautas, pela Associação de Comissários da Varig, pela Associação de Pilotos da Varig, entre outras entidades de trabalhadores. Os funcionários são representados pelo advogado José Crescêncio da Costa Júnior.

Os bens devem ficar retidos dentro de uma nova empresa, chamada Varig Op, sob a responsabilidade dos empregados. O advogado explicou que o passivo, de cerca de R$ 7 bilhões, ficaria sob a responsabilidade da Varig original. Os trabalhadores também pretendem utilizar R$ 200 milhões, dos R$ 600 milhões que o fundo Aerus tem em caixa, para cobrir gastos operacionais da empresa.

Agora, a decisão do juiz deve ser encaminhada ao juízo da 8ª Vara de Recuperação Empresarial do Rio de Janeiro, que cuida do plano de recuperação da empresa aérea.

Revista Consultor Jurídico, 12 de abril de 2006, 15h29

Comentários de leitores

1 comentário

Já que os empresários que ganham para isso não ...

Armando do Prado (Professor)

Já que os empresários que ganham para isso não acham a solução, que tal os empregados recuperarem a Varig, aliás como era o desejo original de Ruben Berta? Por que, não?

Comentários encerrados em 20/04/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.