Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Saber somado

Livro aproxima conhecimentos do Direito e da Economia

Por 

Um economista e um advogado se juntaram e trataram de colocar em livro o que cada um sabia e que podia interessar ao outro. O resultado está em Direito, Economia e Mercados, um livro essencial para advogados, economistas e para quem mais quiser entender estes tempos em que Direito e Economia ocupam cada vez mais espaço, e de forma cada vez mais interdependente, na vida das pessoas e das corporações. O economista que assina a obra é Armando Castelar Pinheiro e o advogado é Jairo Saddi.

Editado pela Editora Campus, o livro tem lançamento marcado para o próximo dia 5 de dezembro, às 18 horas, no auditório do Ibmec em São Paulo (Rua Maestro Cardim, 1,170 – Paraíso).

A obra faz uma relação entre as duas áreas de conhecimento e mostra a importância da conciliação entre Direito e a Economia. “A intenção é fazer uma ponte. Esse é um livro texto que pretende ensinar Direito para economista e Economia para o operador de Direito”, garante Jairo Saddi.

“A lógica foi selecionar um tema, explicar o raciocínio e, ao mesmo tempo, quais são os princípios jurídicos e a visão do advogado sobre aquele tema”, observa Armando Castelar.

Direito, Economia e Mercados é dividido em três partes: a primeira é uma introdução teórica, que apresenta a interrelação da Economia com o Direito e traça os fundamentos microeconômicos e a Teoria dos Custos de Transação. Na segunda parte, os autores fazem uma análise de Direito e Economia, tratando da Propriedade e Contratos, Teoria dos Jogos e a Nova Lei Falimentar.

Na terceira parte, Armando Castelar e Jairo Saddi analisam o Direito, Economia e Mercado, apontando aspectos como a Regulação dos Serviços Públicos, Regulação Setorial na Infra-estrutura, Defesa da Concorrência e Proteção ao Consumidor, Regulação dos Mercados Financeiros e a Regulação do Mercado de Trabalho.

“O livro é muito original, pois atende uma área que cresce num ritmo muito acelerado”, considera Castelar. Segundo o autor, a obra é dirigida para cientistas políticos, profissionais da área de administração, advogados e economistas.

Os autores estão muito bem acompanhados em sua obra. A apresentação é do economista Cláudio Haddad e os prefácios — são dois — levam as assinaturas do advogado Arnold Wald e do economista Edmar Bacha.

Jairo Saddi é doutor em Direito, advogado em São Paulo e diretor do Centro de Estudos de Direito do Ibmec São Paulo.

Armando Castelar é pesquisador sênior do Ipea — Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas e professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Serviço

Título:Direito, Economia e Mercados

Autores: Armando Castelar Pinheiro e Jairo Saddi

Editora Campus

Páginas: 554

Preço: R$ 87

Lançamento: a partir de 18h, no dia 5 de dezembro

Local: Auditório do Ibmec São Paulo

Endereço: Rua Maestro Cardim, 1,170 – Paraíso.


 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 29 de novembro de 2005, 12h36

Comentários de leitores

2 comentários

Correção, o Dr. Armando Castelar Pinheiro é eng...

Gustavo Fanaya (Economista)

Correção, o Dr. Armando Castelar Pinheiro é engenheiro elétrico. Um título de PhD em Economia não torna ninguém economista. Pela lei, o economista deve ser bacharel em Ciências Econômicas e possuir registro no CORECON. O licro é excelente e leitura obrigatória para os economistas que tenham interesse em atuar em áreas originalmente afeitas à eles, mas que por omissão destes, acabou sendo ocupada (competentemente) por outros profissionais mais atentos.

Novidade nada... desde os anos 1970, o moviment...

André Marcondes (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Novidade nada... desde os anos 1970, o movimento Law and Economics estuda o direito a partir da visão econômica. É certo que nada disso chegou ao Brasil e a proposta do livro, por isso, é importante. Parabéns.

Comentários encerrados em 07/12/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.