Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tecnologia e Justiça

Orkut expôs a necessidade de novas regras na internet

Por 

No início, alguns brasileiros reclamaram por “não terem sido avisados” e “por serem forçados a abrir a conta”. Outros, nada disseram, contanto que ficassem desobrigados de pagamento para utilização do serviço. [9]

A mudança abriu caminho para a atuação dos piratas virtuais. Um dos golpes tem como foco o sistema operacional Windows. À vítima é enviado um e-mail de fundo azul contendo o logotipo do Orkut, oferecendo-se uma falsa atualização através do link "Faça o download do programa aqui!!!". Ao clicar, é automaticamente instalado no micro o programa Banker.gen, o qual rouba senhas bancárias. As transferências financeiras são feitas sem conhecimento ou autorização do titular da conta-corrente.

Outro vírus existente e criado no Brasil roubava o e-mail de usuário e senha do Orkut. Da mesma forma que o mencionado anteriormente, enviava-se um e-mail à vítima com a página inicial do website, dizendo que se o usuário não clicasse no link “atualize aqui seu cadastro”, enviando seus dados cadastrais para nova atualização até o dia 15 de outubro, não poderiam mais acessar a rede de amizades. A vítima, sem saber, estava enviando suas informações a piratas virtuais. Estes, por sua vez, obtinham poderosas ferramentas para spam ou mesmo para agir com más-intenções fazendo-se passar por outra pessoa.

É importante salientar que o spam (envio de mensagens indiscriminadamente a vários usuários, sem que estes tenham requisitado) é considerado crime em alguns estados nos EUA, mas não no Brasil. Para evitá-lo, o ideal é atentar às mensagens de conteúdo duvidoso, “não mandar uma reclamação diretamente para quem enviou a mensagem, não tentar descadastrar seu email clicando em algum link que fale em descadastramento, remoção, etc. Ao fazer isso o usuário estará confirmando a legitimidade de seu e-mail, que poderá ser utilizado e até mesmo comercializado pelos spammers (pessoas que enviam spam)”.[10]

Outrossim, clicar em imagens deixadas nos scrapbooks do Orkut pode ser fatal. Os links de florzinha, elefantinho ou coraçãozinho enviados pelo amigo podem conter vírus sem que ele mesmo saiba, e o prejudicado é aquele que clicou.

Quanto mais popular for o Orkut, mais visado sera pelos piratas da rede. Várias pessoas já perceberam como o website tem se tornado um portal de selvageria incontrolável e têm retirado seus perfis. A popularidade do site, porém, não tem baixado.

“Eu não consigo deixar o Orkut. É muito legal reencontrar as pessoas, conhecer outras novas e deixar scraps pra todos”, é o que se ouve. Os piratas comemoram e gritam: “Viva a ingenuidade!”.

Falsidade Ideológica

Não pensemos que somente “reles mortais” estão na rede. Pessoas que deveriam ter um cuidado maior com a privacidade também estão por lá. Um exemplo é o juiz federal Vlamir Costa Magalhães, cujo perfil descrito no Orkut causou fortes reações, principalmente por parte da Ordem dos Advogados do Brasil, a OAB.

O juiz expediu mandado de busca e apreensão no escritório do advogado Luiz Olavo Baptista (representante da empresa Schincariol), em São Paulo, para fins de investigar sonegação fiscal de empresas de bebidas (chamada “Operação Cevada”). No Orkut, Vlamir tem 85 amigos e descreve-se “marrento com quem merece”. Diz que no trabalho dá “porrada em quem merece, carinho em quem merece”, além de não ter posição política definida e ser dono de um humor inteligente e sagaz. [11]

 é advogada.

Revista Consultor Jurídico, 23 de novembro de 2005, 19h25

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/12/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.