Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga do nepotismo

Busato afirma que vai processar presidente do TJ gaúcho

O presidente do Conselho Federal da OAB, Roberto Busato, afirmou que vai entrar com processo criminal contra o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Osvaldo Stefanello. O desembargador afirmou, em entrevista ao jornal Zero Hora, que Busato não conhece nada juridicamente.

“Não conheço esse Stefanello, mas faltam a ele os predicados da verdadeira magistratura. Uma pessoa que diz uma coisa desta em jornal, não merece vestir a toga”, afirmou o presidente da OAB.

A polêmica entre Busato e Stefanello foi motivada pelas posições opostas em relação à resolução do Conselho Nacional de Justiça que regulamentou a proibição do nepotismo. Enquanto o presidente da Ordem apóia a medida, o presidente do tribunal gaúcho afirma que não reconhece a competência do CNJ para tratar do nepotismo: “a questão tem de ser tratada em lei”, afirma Stefanello.

O presidente da OAB justifica sua decisão de processar o desembargador gaúcho com a afirmação de que sempre defendeu o combate ao nepotismo, mas “nunca fulanizei ou disse qualquer coisa contra qualquer presidente de Tribunal ou desembargador, no que se refere ao nepotismo no Judiciário”.

Revista Consultor Jurídico, 7 de novembro de 2005, 13h03

Comentários de leitores

1 comentário

Realmente, se "boas maneiras" integrassem o pro...

Daniel Oliveira (Advogado Autônomo - Empresarial)

Realmente, se "boas maneiras" integrassem o programa do concurso de ingresso ao cargo de Juiz, muitos magistrados não teriam passado no exame. Educação se adquire em casa. Aliás, de que adianta ser "catedrático" em Direito, mas não saber se comportar em sociedade?

Comentários encerrados em 15/11/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.