Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Células-tronco

Fonteles questiona pesquisas com células-tronco embrionárias

Não se trata, então, de um simples amontoado de células. O embrião é vida humana.

A partir do momento que, alcançando maior tamanho e desenvolvimento físico, passamos a reconhecer aqueles formatos humanos (cabeça, tronco, mãos e braços, pernas e pés, etc), podemos chamar essa nova vida humana de "feto"."

(publicação citada – pg. 12/13 grifei)

5. A Dra. Alice Teixeira Ferreira, Professora Associada de Biofísica da UNIFESP/EPM na área de Biologia Celular-Sinalização Celular afirma, verbis:

"Embriologia quer dizer o estudo dos embriões, entretanto, se refere, atualmente, ao estudo do desenvolvimento de embriões e fetos. Surgiu com o aumento da sensibilidade dos microscópios. Karl Ernst Von Baer observou, em 1827, o ovo ou zigoto em divisão na tuba uterina e o blastocisto no útero de animais, Nas suas obras Ueber Entwicklungsgeschiechteb der Tiere e Beabachutung and Reflexion descreveu os estágios correspondentes do desenvovimento do embrião e quais as características gerais que precedem as específicas, contribuindo com novos conhecimentos sobre a origem dos tecidos e órgãos. Por isto é chamado de "Pai da Embriologia Moderna".

Em 1839 Schleiden e Schwan, ao formularem a Teoria Celular, foram responsáveis por grandes avanços da Embriologia. Conforme tal conceito o corpo é composto por células o que leva à compreensão de que o embrião se forma à partir de uma ÚNICA célula, o zigoto, que por muitas divisões celulares forma os tecidos e órgãos de todo ser vivo, em particular o humano.

Confirmando tais fatos, em 1879, Hertwig descreveu eventos visíveis na união do óvulo ou ovócito com o espermatozóide em mamíferos. Para não se dizer que se trata de conceitos ultrapassados verifiquei que TODOS os textos de Embriologia Humana consultados (as últimas edições listadas na Referência Biográfica ) afirmam que o desenvolvimento humano se inicia quando o ovócito é fertilização pelo espermatozóide. Todos afirmam que o desenvolvimento humano é a expressão do fluxo irreversível de eventos biológicos ao longo do tempo que só para com a morte. Todos nós passamos pelas mesmas fases do desenvolvimentos intrauterino: fomos um ovo, uma mórula, um blastocisto, um feto."

6. A Dra. Elizabeth Kipman Cerqueira, perita em sexualidade humana e especialista em logoterapia escreve, verbis:

"O zigoto, constituído por uma única célula produz imediatamente proteínas e enzimas humanas e não de outra espécie. É biologicamente um indivíduo único e irrepetível, um organismos vivo pertecente à espécie humana.

b) "O tipo genético – as características herdadas de um ser humano individualizado – é estabelecido no processo da concepção e permanecerá em vigor por toda a vida daquele indivíduo" (Shettles e Rorvik – Rites of Life, Grand Rapids (MI), Zondervan, 1983 – cf. Pastuszek: Is Fetus Human – pg. 5."

"O desenvolvimento humano se inicia na fertilização, o processo durante o qual um gameta masculino ou espermatozóide (...) se une a um gameta feminino ou ovócito (...) para formar uma célula única chamada zigoto. Esta célula altamente especializada e totipotente marca o início de cada um de nós, como indivíduo único. (Keith Moore e T.V.N Persaud – The Developing Human, Philadelphia, W.B. Saunders Company – 1998 – pg.18

7. Anexo quadro esquemático que na, e a partir da, fecundação marca o desenvolvimento da vida humana: o zigoto, que se desenvolve a partir de sua unicidade celular. (vide: quadro anexo).

8.Importa, agora, abordar o tema das células-tronco.

9.Diz a Dra. Alice Teixeira Ferreira, verbis:

As células tronco embrionárias são aquelas provenientes da massa celular interna do embrião (blastocisto). São chamadas de células-tronco embrionárias humanas porque provêm do embrião e porque são células-mães do ser humano. Para se usar estas células, que constituem a massa interna do blastocisto, é destruído o embrião.

As células tronco adultas são aquelas encontradas em todos os órgãos e em maior quantidade na medula óssea (tutano do osso) e no cordão umbilical-placenta. No tutano dos ossos tem-se a produção de milhões de células por dia, que substituem as que morrem diariamente no sangue." (publicação citada – pg. 33, grifei)

10. O Dr. Herbert Praxedes também considera que, verbis:

"As células de um embrião humano de poucos dias são todas células-tronco (CTE), são pluripotenciais, tendo capacidade de se auto-renovarem e de se diferenciarem em qualquer dos tecidos do corpo. As células-tronco adultas (CTA) são multipotenciais e têm também capacidade de ser auto-renovarem e se diferenciarem em vários, mas, aparente não em todos, os tecidos do organismo. As CTA existem no organismo adulto em vários tecidos como a medula óssea, pele, tecido nervoso, e outros, e também são encontradas em grande concentração no sangue do cordão umbilical." (publicação citada pg. 33 grifei)

Revista Consultor Jurídico, 30 de maio de 2005, 18h19

Comentários de leitores

7 comentários

E para os desinformados,para haver registros de...

Lu2007 (Advogado Autônomo)

E para os desinformados,para haver registros de cura são necessárias pesquisas nesta área. E fica difícil pesquisar quando tem muitas pessoas atrasadas e retrógradas brigando contra as pesquisas por convicções íntimas. Não devem prevalecer questões de fôro íntimo. O que o STF tem que levar em conta é a preocupação com a coletividade já que há milhares de pessoas que precisam de ajuda e é necessário que se faça pesquisa nesta área!!!!

Este Sr. Fonteles deveria oxigenar sua mente e ...

Lu2007 (Advogado Autônomo)

Este Sr. Fonteles deveria oxigenar sua mente e não misturar religião com o seu ofício. Se ele acha que não haver pesquisas com células tronco, que não use o resultado destas pesquisas caso algum dia ele venha a precisar. E deixe os cientistas cuidar da área deles e ajudar milhares de pessoas que precisam de ajuda nesta uqestão. Interessante notar a ruindade deste Sr. Fonteles porque ele não pensa nos doentes, paralíticos, pessoas portadoras de esclerose lateral amiotrófica ( será que ele sabe o que é isso?) porque um católico , como ele diz ser, deveria estar pensando no bem estar destas pessoas e não lutando contra elas. Que diabo de catolicismo é este que ele prega?

Se o Procurador escreve uma fundamentação para ...

siser@bol.com.br (Advogado Autônomo)

Se o Procurador escreve uma fundamentação para atacar a lei que dá um destino mais digno aos embriões que serão jogados no lixo, deveria pedir, juntamente com a declaração de inconstitucionalidade, que as clínicas de fertilização artificial fossem impedidas de funcionar. Destruir os embriões pode, mas usá-los em pesquisas que podem salvar ou melhorar vidas não pode? Quanta hipocrisia... Se estes dogmas religiosos continuarem motivando a ação do respeitável procurador, não estranharei que em suas próximas atuações ele peça a criminalização da masturbação. Também não estranharei que se tente garantir o nascimento de cada óvulo fecundado monitorando-se todas as relações sexuais para fazer com que aquele óvulo vá parar no útero... Francamente, Senhor Procurador, faça a coisa direito e complemente este pedido solicitando que não sejam mais realizadas fecundações artificiais... O que o senhor Fonteles está querendo fazer com este seu pedido é retirar o bendito embrião que pode dar a visão a um cego, pernas a um paralítico, e jogá-lo no lixo. Ou vai fazer o que com os embriões? Arranjar parideiras para nelas depositá-los? Ou rezar uma missa para eles antes de destruí-los?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/06/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.