Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cofre forte

Suíça barra repatriação de US$ 3,8 milhões do juiz Nicolau

Os US$ 3,8 milhões mantidos em contas suíças pelo juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto não serão repatriados ao Brasil. Pelo menos enquanto for mantida uma liminar concedida pela Justiça da Suíça a pedido do juiz. A informação é do site Última Instância, que atribui a notícia à Coordenação de Repatriação de Ativos e Cooperação Internacional do Ministério da Justiça.

O pedido de repatriação do montante havia sido feito pelo Ministério Público Federal às autoridades suíças depois que a 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região aumentou, no mês passado, a pena de Nicolau pelo crime de lavagem de dinheiro e reformou a sentença, condenando o ex-magistrado também pelo crime de evasão de divisas. A pena foi fixada em 17 anos.

O juiz aposentado é acusado de desviar R$ 169 milhões da obra de construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, do qual era presidente.

Revista Consultor Jurídico, 23 de maio de 2005, 14h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/05/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.