Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conte outra vez

OAB-SP quer revisão de ranking das faculdades de direito

O presidente da OAB paulista, Luiz Flávio Borges D’Urso solicitou à Fundação Carlos Chagas a revisão do ranking das faculdades de direito no exame (nº 125), do início deste ano, que colocou na liderança de aprovações a PUC-SP.

A OAB pede que a Fundação Carlos Chagas revise os critérios para fazer o ranking, estipulando, por exemplo, um número mínimo de candidatos inscritos para classificar as Faculdades.

De acordo com o ranking da Fundação, pela primeira vez a PUC superou a faculdade de direito da USP, que liderou o ranking nos últimos oito anos. A PUC-SP aprovou 86,53% dos seus 438 candidatos que fizeram a prova. A USP habilitou 85,96% dos seus 413 inscritos.

Em terceiro lugar no ranking ficou a UEL -- Universidade Estadual de Londrina, com 85,71% de aprovação, seguida do Mackenzie (78,17%) e da Associação Educacional Toledo, de Presidente Prudente, em São Paulo (73,39%).

Do total de 27.724 de inscritos, 5.727 foram aprovados, o que corresponde a um percentual de 20,65%.

Revista Consultor Jurídico, 19 de maio de 2005, 20h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/05/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.