Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ordem cumprida

Justiça anula prisão de secretários de saúde do Rio

A Justiça anulou os mandados de prisão contra os secretários de Saúde do estado e do município do Rio de Janeiro, Gilson Cantarino, e Ronaldo Cezar Coelho, por descumprimento de ordem judicial. O Tribunal de Justiça fluminense informou que a entrega de medicamentos, pela qual foram responsabilizados, já foi feita.

A prisão dos secretários foi decretada nesta sexta-feira (6/5). pelo desembargador Fabrício Bandeira Filho, presidente da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. Segundo a decisão, os dois desobedeceram à ordem judicial que determinou o fornecimento dos medicamentos Mesacol 400mg e Azatioprina 50mg a Alessandro Sabino da Costa Ferreira, de 28 anos, portador de uma inflamação crônica no intestino.

A assessoria de imprensa do TJ chegou a afirmar que a prisão dos secretários poderia ocorrer a qualquer momento. Os oficiais de Justiça seguiram para as secretarias acompanhados de policiais para cumprir os mandados de prisão, mas ambas secretarias entregaram o medicamento e afirmaram que não havia razão para os secretários serem preso.

Os medicamentos já foram entregues ao paciente e o desembargador cancelou os mandados de prisão.


Revista Consultor Jurídico, 7 de maio de 2005, 12h28

Comentários de leitores

1 comentário

E quanto aos precatórios não pagos??? A justiça...

Nedson Pinto Culau (Advogado Autônomo - Consumidor)

E quanto aos precatórios não pagos??? A justiça ou os fiscais da lei TEM PEITO para mandar para a cadeia os responsáveis????? Conivência e Omissão só não vista aos burros e ignorantes!!!!!

Comentários encerrados em 15/05/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.