Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fora de foco

Luma de Oliveira vai processar jornal inglês The Independent

Por 

A modelo e atriz Luma de Oliveira vai processar o jornal inglês The Independent. O diário publicou, nesta quinta-feira (21/7), uma foto de Luma para ilustrar uma reportagem sobre o escândalo sexual que envolve diretores da Volkswagen e garotas de programa brasileiras e de outras nacionalidades.

“Vamos entrar com ação de indenização por danos morais contra o jornal”, disse à revista Consultor Jurídico o advogado de Luma de Oliveira, Michel Assef Filho. Ele afirma que já entrou em contato com o editor do diário inglês pedindo também uma retratação. A ação será ajuizada na Inglaterra.

A foto de Luma desfilando no Carnaval do Rio de Janeiro traz a legenda “a maior montadora de carros da Europa, a VW, é sacudida por um escândalo envolvendo sexo, suborno e sambistas”.

Segundo a reportagem do The Independent, a garota de programa identificada apenas como Josélia R. foi apresentada ao diretor de recursos humanos da Volkswagen Peter Hartz em Lisboa e o teria acompanhado em viagens a Paris, onde ficaram hospedados no luxuoso hotel Georges V, e a São Paulo. Ela recebeu 1.600 euros para as duas tarefas.

O problema é que as despesas foram pagas com cartões de crédito da Volks. E o affair Hartz-Josélia não é um caso isolado. De acordo com a reportagem, trata-se de um esquema consolidado de pagamento de férias regadas a sexo, inclusive com viagens para acompanhar o Carnaval do Rio de Janeiro.

Outra brasileira, identificada como Adriana B, para fazer companhia a Klaus Volkert, ex-chefe do conselho de trabalhadores da montadora alemã, teria ganhado um apartamento na Alemanha e uma casa que vale 60 mil euros no Brasil. Há o caso também de uma atriz tcheca que ganhou uma Lamborghini para entreter outro diretor da multinacional.

O esquema de diversão sexual, segundo o jornal inglês, visaria principalmente dirigentes sindicais e da área de recursos humanos. O jornal cita, ainda, notícia da revista Focus, segundo a qual a montadora pagou festas sexuais para comprar influência no governo e lembra que a Volkswagen apoiou abertamente a campanha de Gerhard Schröder, primeiro-ministro alemão.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 21 de julho de 2005, 14h14

Comentários de leitores

4 comentários

No jargão jornalistico essa bobagem ...

hammer eduardo (Consultor)

No jargão jornalistico essa bobagem cometida pelo jornal ingles se chama de "barriga" ,as consequencias variam muito mas o nome é esse. Como disse um Debatedor aqui na pagina , a moçoila em questão nasceu mesmo com "aquilo" para a lua pois certamente vai sair deste imbroglio com algumas libras a mais na bolsa Gucci. O complicado na minha humilde opinião é a neo-senhora ficar tão injuriada com o "acidente jornalistico" em questão. Ate por uma questão de coerencia, devemos lembrar a exibida neo-senhora que sua "trajetoria de sucesso" foi esculpida numa vida de exibição compulsiva em publico a qualquer preço e em qualquer ocasião . Acredito inclusive que essa exibição exagerada contribuiu em grande parte para a "barriga" do jornal ingles. Alias se a neo-senhora é tão preocupada com "fazer justiça" a qualquer preço, seria uma excelente oportunidade de realizar um ato politicamente correto encaminhando os eventuais caraminguas ingleses para alguma instituição de caridade como por exemplo a Sociedade Viva Cazuza. Com certeza de grana ela não precisa nunca mais depois da milionaria separação divulgada de forma escancarada pela Imprensa.

Tudo na vida é questão de sorte! E esta mulher,...

Fmdsouza (Advogado Autônomo - Empresarial)

Tudo na vida é questão de sorte! E esta mulher, tem demais!!! Já o Independent, foi um azarado! Onde já se viu, querer colocar a Luma como simbolo de prostituta latina !? Só um inglês boçal seria capaz de cometer tamanha maluquice! Com isso, a Luma ganhará, certamente um processo reparatório perante a corte do reino unido e vai afogar-se em dolares! Ops, Libra Esterlina, pois a Inglaterra não aderiu ainda ao Euro. É, tem gente que nasceu com aquilo prá lua... Literalmente!

A Luminha é símbolo do Rio de Janeiro. Infelizm...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

A Luminha é símbolo do Rio de Janeiro. Infelizmente, lá, em plena Copacabana, há prostíbulos a céu aberto. O jornal, sem cautela, postou a foto de Luminha como se prostituta fosse ou que todo sambista faz parte da orgia. Erraram. Deviam se retratar e pagar uma prenda para alguma instituição contra a prostitição infantil. Quanto a Luminha, apareceu de novo no mídia, e nós continuaremos a amá-la e jamais daremos crédito que ela se fez presente numa farra como essas. Merece estar ofendida, e o tema está aberto, esse Jornal deve se retratar pelo erro cometido. E o Rio, através de seus governantes deviam vigiar mais suas praias e o turismo ( alemão) sexual. Está na cara ! otavio OTAVIO

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 29/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.