Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mão-de-obra

Justiça gaúcha vai receber reforço de 364 novos servidores

Para melhorar a estrutura judiciária da primeira instância, a administração do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul vai nomear mais de 364 servidores para atuar nos foros do estado. O anúncio foi feito pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Aristides Pedroso de Albuquerque Neto.

Neste mês serão chamados para trabalhar 100 assessores de juiz e de pretor, 30 escrivãos, 42 oficiais de Justiça, 20 distribuidores contadores e 15 oficiais ajudantes. A partir de agosto, serão nomeados mais 157 oficiais escreventes. A informação é do Tribunal de Justiça gaúcho.

Segundo o corregedor-geral, desde os primeiros dias de sua gestão a administração do TJ constatou a existência de mais de mil vagas abertas no Judiciário, sendo a defasagem superior a 22%. Iniciaram-se, assim, estudos para que fosse conhecida a dimensão das necessidades de cada unidade judicial. “Buscamos definir o número ideal de servidores para cada serventia judicial, para cada cartório”, afirma.

A última verificação nesse sentido foi feita há mais de 20 anos, disse. “De lá para cá houve grande crescimento no número de ações e isso precisava ser considerado”. Nesse primeiro semestre, foram empossados aproximadamente 100 servidores. Até o final de 2005, portanto, 500 novos funcionários terão assumido o cargo.


Revista Consultor Jurídico, 20 de julho de 2005, 14h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.