Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova prova

Cespe faz concurso para agente penitenciário no domingo

A nova prova do concurso para agente penitenciário do Departamento Penitenciário Nacional será no próximo domingo (17/7). Os exames anteriores, aplicados no dia 22 de maio, foram anulados devido à operação policial que desbaratou uma quadrilha acusada de fraudar concursos públicos no país. O exame é promovido pelo Cesp — Centro de Seleção e Promoção de Eventos, da Universidade de Brasília.

As investigações resultaram no indiciamento de 30 pessoas por estelionato. De acordo com a Cespe, no entanto, nenhum funcionário da entidade foi considerado culpado e sua participação como organizadora do concurso não foi colocada sob suspeita. Para evitar novas fraudes, o novo exame terá todas as etapas monitoradas pela Polícia Federal e um esquema especial de segurança será montado no dia das provas.

Os candidatos ao concurso para agente penitenciário federal responderão a 150 questões objetivas: 70 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Informática e Atualidades) e 80 distribuídas pelas disciplinas de Direito Constitucional, Administrativo, Processual Penal e Direitos Humanos.

Serão convocados para a próxima fase os candidatos classificados até a 1.104ª posição — número correspondente a três vezes o total de vagas oferecidas —, os quais passarão por mais três avaliações: psicológica, física e médica. O concurso, que tem prazo de validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, oferece 368 vagas, com salário de R$ 2.627,87. A concorrência é de 136 candidatos por vaga.

Os aprovados no concurso irão trabalhar nos cinco presídios federais previsto para serem construídos pelo governo, com conclusão marcada para este ano. As obras são nas cidades de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT). De acordo com o Departamento Penitenciário Nacional, órgão do Ministério da Justiça, o número de vagas atenderá às expectativas iniciais.

O concurso ocorrerá em 14 capitais dos estados, de forma simultânea, além de Brasília. Os locais e horário em que serão aplicadas as provas podem ser acessados no site da Cesp.

Revista Consultor Jurídico, 15 de julho de 2005, 22h32

Comentários de leitores

1 comentário

Por algum motivo, meu blog (http://legis.zip.ne...

Achim2 (Outros)

Por algum motivo, meu blog (http://legis.zip.net) foi removido de buscadoras da Web. E essa remoção coincidiu com meus comentários negativos sobre os critérios obscuros de correção das provas discursivas no concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal, que foi e está sendo realizado pelo Cespe/Unb. Eu, como muitos outros candidatos em diversos cargos -- ou seja, não sou um caso isolado -- fui eliminado do cargo para nível médio, Técnico Legislativo, apesar de ter alcançado a sexta maior nota na prova objetiva. Houve mais de vinte mil candidatos para somente dez vagas. Fui eliminado na redação por ter fugido do tema, segundo a banca avaliadora do Cespe. Estou também prestes a ser eliminado (por critérios duvidosos de um prova prática) do cargo de Consultor Legislativo (3 vagas), apesar de ter alcançado a segunda maior nota na prova objetiva. Conclusão: por haver vários candidatos na mesma situação sendo eliminados (apesar das notas altas nas provas objetivas), certamente não há um critério seguro de correção das provas discursivas realizadas pelo Cespe. E por ter havido, recentemente, irregularidades em concursos realizados pelo Cespe, não seria injusto desconfiar de que há algum tipo de irregularidade. Vale lembrar que, no concurso da CLDF, há pouquísimas vagas e a remuneração é alta.

Comentários encerrados em 23/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.