Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Simulado garantido

OAB-SP continuará a promover Exame de Ordem para treineiros

O presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, anunciou que a entidade continuará com o Exame de Ordem para treineiros em São Paulo, com as adequações observadas pelo Conselho Federal da Ordem. As provas terão, agora, data e conteúdo diferenciado do Exame de Ordem oficial.

Na última segunda-feira, reunião do Conselho Federal da OAB aprovou as modificações depois de decidir que estudantes de Direito não poderão mais se inscrever e prestar a prova da primeira fase do Exame. A decisão foi dada com base no voto do relator da matéria, Ulisses César Martins de Souza. Segundo ele, a resolução original da OAB-SP viola o artigo 2º do Provimento 81/96 do Estatuto da OAB e da Advocacia. O dispositivo estabelece que o exame deve ser prestado “apenas por bacharel de Direito”.

O primeiro Exame de Ordem para treineiros foi feito em janeiro passado e contou com 850 estudantes inscritos para a primeira fase. Eles fizeram a mesma prova dos bacharéis, com 100 questões de múltipla escolha sobre as várias áreas do Direito. O desempenho dos estudantes não gerou, no entanto, nenhum direito perante a Ordem dos Advogados.

Na avaliação de D´Urso, o exame para os treineiros teve o mérito de desmitificar a prova aos estudantes, que poderão traçar planos de estudos e se preparar melhor para prestar o Exame de Ordem, quando se tornarem bacharéis. “Era uma antiga reivindicação dos estudantes e uma contribuição para ajudar a melhorar o ensino jurídico”.

Ainda segundo ele, o simulado não faz a avaliação do estudante de Direito. “Mantendo o simulado, os estudantes continuarão a manter contato e a se familiarizar com o formato da prova, ganhando tranqüilidade e vencendo o nervosismo que tem contribuído para os resultados catastróficos registrados nos últimos exames”, afirmou.

Revista Consultor Jurídico, 23 de fevereiro de 2005, 21h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.