Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Abono em jogo

AGU quer suspender aumento de abono a juízes trabalhistas de SC

A Advocacia-Geral da União quer suspender o aumento do abono concedido aos juízes trabalhistas de Santa Catarina. A AGU entrou com Ação Originária, com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal contra ato do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região.

Em sessão administrativa, o TRT catarinense determinou o pagamento de correção monetária do abono variável aos juízes ativos e inativos, previsto na Lei 10.474/02. A norma regulamenta a remuneração da magistratura nacional.

Segundo a AGU, a decisão não está amparada pela Constituição Federal, que proíbe a qualquer órgão do Poder Judiciário aumentar o salário de seus servidores por meio administrativo. O assunto deveria ser tratado em lei, de acordo com o artigo 96 da Constituição.

A União ressalta que “o Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região está ferindo o princípio da legalidade, moralidade e razoabilidade do artigo 37 da Constituição Federal”.

AO 1.151

Revista Consultor Jurídico, 9 de fevereiro de 2005, 19h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/02/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.