Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Abaixo da média

Juízes reagem a nota 4,5 dada por Jobim ao Judiciário

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Nelson Jobim, atribuiu a nota 4,5 ao sistema judiciário brasileiro. Os juízes reagiram. A Associação dos Magistrados Brasileiros -- AMB, entidade que reúne cerca de 15 mil juízes de todo o país, afirmou que atribuir a nota 4,5 ao sistema judiciário é desvalorizar o trabalho dos juízes.

Jobim deu a nota por causa da “ineficiência"."O sistema judiciário brasileiro não chega a ser caótico, mas, de zero a dez, daria nota cinco, ou 4,5", disse o ministro. De acordo com ele, somente cinco anos depois da aprovação dos projetos que complementam a reforma do Judiciário, a ineficiência no setor começará a ser superada.

Segundo o presidente da AMB, Rodrigo Collaço, “não se descobriu no mundo um sistema judiciário nota 10”. Para ele, “infelizmente, declarações como a do ministro desprezam todo o esforço que a magistratura brasileira vem fazendo para melhorar a prestação jurisdicional, especialmente na reformulação da legislação processual -- esta, sim, evidentemente a maior responsável pela morosidade e pela falta de eficácia das decisões judiciais”.

Collaço disse que “mesmo diante de obstáculos internos e externos, a AMB, em nome dos juízes de todo o Brasil, continua empenhada na reforma da legislação processual e na verdadeira valorização do Poder Judiciário brasileiro”.

Revista Consultor Jurídico, 27 de abril de 2005, 19h33

Comentários de leitores

1 comentário

Nota 4,5 é realmente um absurdo e merece repuls...

Comentarista (Outros)

Nota 4,5 é realmente um absurdo e merece repulsa. Por ser muito alta, é claro...

Comentários encerrados em 05/05/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.