Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quadro social

Tucanos mostram que atendimento do INSS piorou com Lula

O atendimento do INSS -- Instituto Nacional do Seguro Social piorou muito no governo Lula. Uma comparação feita pelo Boletim Tucano, informativo do PSDB na internet, mostra em números o grau da deterioração. Confira alguns dos parâmetros apresentados:

“Tempo de espera - Quando FHC deixou o governo, em 1º de janeiro de 2003, um pedido de benefício do INSS levava em média 18 dias para ser atendido. Em 2004, a espera média foi de 31,5 dias, chegando a 33 dias em fevereiro último”.

“Pedidos represados - No fim do governo FHC, os pedidos esperando atendimento há mais de 45 dias somavam 204.257. No governo Lula o tamanho da fila quase triplicou: em março passado havia 594.829 pedidos esperando há mais de 45 dias”.

“Modernização atrasada - O ritmo de reforma das agências de atendimento do INSS despencou. No governo FHC, entre 1998 e 2002, foram reformadas 495 agências, numa média de 86 por ano. No governo Lula, 62 agências foram reformadas em 2003 e apenas 16 em 2004”.

“Déficits financeiro - A desculpa para esse descalabro é uma só: falta dinheiro para contratar mais funcionários, reformar e equipar as agências, atualizar os sistemas de computadores etc. De fato falta dinheiro: o déficit do INSS deve chegar a R$ 37,8 bilhões neste ano.”

O Boletim Tucano ifnorma ainda que em oito anos de governo FHC, a Previdência teve quatro ministros. “Em dois anos de Lula já são três ministros, indo talvez para o quarto”. Assim, economizando nos adjetivos e valorizando os fatos, o PSDB mostra como o governo dos Trabalhadores cuida mal do principal instituto social do país. E ainda dá uma boa lição de como fazer oposição.

Revista Consultor Jurídico, 15 de abril de 2005, 21h53

Comentários de leitores

4 comentários

Ter um presidente douto e poliglota é absolutam...

Comentarista (Outros)

Ter um presidente douto e poliglota é absolutamente normal, pois a grande maioria dos países o têm. Só que o domínio de várias línguas deveria servir para firmar o país no cenário internacional, e não para dizer "amém" em vários idiomas. Infelizmente, é isso que se viu durante os oitos anos do governo do PSDB... Como se não bastasse a quase "venda" do país (leia-se privatizações eivadas de denúncias de irregularidades), houve até ministro de estado que teve que tirar os sapatos para desembarcar na terra dos yankees. Por outro lado, o que nem todos tem é um presidente com pouco estudo e que realmente defende os interesses do país perante o resto do mundo. A crítica do PSDB chega a ser patética, e a resposta a essas levianas acusações certamente virão nas próximas eleições presidenciais. O resto é discurso de perdedores e inconformados com a própria incompetência e falta de capacidade em se manter no poder. Com a palavra, as viuvinhas do FHC e sua trupe de tucanos que sequer cuidam de seus ninhos.

A pior forma de se fugir da verdade é não quere...

Sweney (Auditor Fiscal)

A pior forma de se fugir da verdade é não querendo aceitá-la, atacando os que a expõem... Tenho dito, e vou repetir: isso é o PT mostrando a sua verdadeira cara!! Aguardem que o pior está por vir...

O governo do PT é absolutamente incompetente, p...

Marcelo Parra (Advogado Sócio de Escritório)

O governo do PT é absolutamente incompetente, prova disso é que a maioria dos projetos do governo não saíram do papel. Para se ter uma idéia da situação, o carro chefe do governo - bolsa família - até agora não mostrou resultados significativos; ademais, os ministros do governo, a exceção de Palocci, são despreparados para as pastas, ficando apenas preocupados com os cargos que poderão ser preenchidos por coreligionários. Quando o Presidente Lula tomou posse, apesar de não ter votado nele, torci para que fizesse um bom governo, pois era um operário que estava chegando ao cargo mais importante do nosso país, e, na sua diplomação, sobretudo, aquele homem emocionou a todos brasileiros com o seu choro, dando-nos uma grande esperança.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 23/04/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.