Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Passou do ponto

Juiz suspende propaganda que ligava Serra a máfia dos vampiros

A coligação Compromisso com São Paulo (PSB/PMCB/PMN) foi condenada a suspender a propaganda eleitoral por 30 segundos para cada inserção em que vinculou a imagem do candidato a prefeito paulistano José Serra aos esquemas conhecidos como máfia dos vampiros e dos transplantes de órgãos. As inserções, veiculadas na TV, eram de 15 segundos.

A decisão é do juiz auxiliar da propaganda de São Paulo, Paulo Sérgio Galizia, que acolheu a representação da coligação Ética e Trabalho (PSDB/PPS/PFL) e de Serra. Cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral.

De acordo com o juiz, não há dúvida "que a propaganda, da forma em que foi veiculada, degrada a imagem do candidato”. Para Galizia, "as afirmações vão além da mera crítica política ou administrativa pois se referem diretamente à pessoa de José Serra".

Revista Consultor Jurídico, 21 de setembro de 2004, 22h26

Comentários de leitores

1 comentário

É lamentável a prática adotada pelos "marquetei...

Humberto Costa Barbosa ()

É lamentável a prática adotada pelos "marqueteiros". Eles sabem que a população se esquecem com muita facilidade do caráter dos nossos políticos. Exemplo: As obras eleitoreiras da D. Marta

Comentários encerrados em 29/09/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.