Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Proteção aos animais

Ministério Público de Minas quer evitar morte de animais silvestres

O Ministério Público de Minas Gerais conseguiu, junto ao Departamento de Estradas de Rodagem do estado (DER-MG), a garantia de que serão colocadas placas de sinalização na rodovia MG-223, entre a BR 050 e a cidade de Monte Carmelo, indicando que o local é de passagem de animais silvestres. O objetivo é reduzir o alto índice de atropelamento dos animais na rodovia.

O promotor de Justiça da comarca de Estrela do Sul, André Luís Alves de Melo, explicou que a região é rica em animais silvestres, devido à grande área de reflorestamento da empresa Satipel, que constitui uma das maiores plantações de pínus da América do Sul.

Na região, encontram-se tamanduás-mirins, tamanduás-bandeiras, rapozinhas, veados-campeiros, cachorros-do-mato, tatus e animais de outras espécies que são atropelados constantemente, principalmente depois das 18 horas.

André Luís de Melo espera que o "alerta" faça com que os motoristas tomem mais cuidado, garantindo assim a vida dos animais que atravessam a pista e a preservação do meio ambiente.

Revista Consultor Jurídico, 1 de setembro de 2004, 21h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/09/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.