Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem validade

Banco suspende prova de concurso ao detectar irregularidade

A direção do BNB -- Banco do Nordeste do Brasil -- decidiu anular as provas escritas do concurso público para as 400 vagas para o cargo de assistente administrativo feitas no último domingo (23/5).

A decisão foi tomada depois da identificação de uma irregularidade na realização das provas escritas. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal e acompanhado pelo Ministério Público Federal.

Novas provas escritas serão realizadas no próximo dia 20 de junho, às 14hs, nos mesmos locais, das quais somente poderão participar os candidatos já inscritos. Não haverá necessidade de pagamento de novas taxas.

As regras, constantes do edital 2004/01, de 16.03.2004, disponíveis no site http://www.acep.org.br/BNBConcurso2004 (Banco do Nordeste do Brasil S.A.)

Revista Consultor Jurídico, 26 de maio de 2004, 19h30

Comentários de leitores

1 comentário

Eu pessoalmente não estou concordando nem um po...

Flavio Marcio ()

Eu pessoalmente não estou concordando nem um pouco com esse tipo de medida que parece está se tornando "moda" que é anular provas de concursos públicos quer por suspeita ou efetiva fraude. O correto seria que fossem tomadas medidas mais sérias e um maior comprometimento com a segurança por parte dos órgãos responsáveis pelo trabalho de elaboração dos referidos concursos públicos. Esses órgão já são bem remunerados e teriam plena condição de tomar medidas mais sérias. Somente o fato de anular uma prova e marcar uma nova data para outro concurso não resolve o problema. Além do mais mexe muito com o espírito do candidato que já tem uma programação de estudo definida e que pode a mesma pode vir a ser abalada com fatos dessa natureza. Tenho dito.

Comentários encerrados em 03/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.