Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fábricas de diplomas

Faculdades estão mais interessadas no lucro, afirma OAB.

O presidente em exercício da Ordem dos Advogados do Brasil, Aristoteles Atheniense, afirmou nesta segunda-feira (24/5), para uma platéia de cem estudantes de Direito, que as faculdades brasileiras estão mais interessadas no lucro do que em oferecer um ensino de qualidade aos alunos.

"O ensino não pode ficar à mercê de vantagens individuais de faculdades, hoje muito mais focadas na obtenção do lucro", afirmou. "Queremos seriedade para a nossa Justiça, mas só teremos Justiça quando tivermos bons advogados e só teremos bons advogados quando tivermos instituições de ensino com boas condições de torná-los responsáveis profissionalmente".

Aristóteles afirmou ainda que o ministro da Educação, Tarso Genro, deve ser alvo de fortes pressões por parte de faculdades e entidades interessadas na abertura de cursos jurídicos. Isso porque recentemente o ministro determinou a suspensão, por 180 dias, do recebimento de processos de credenciamento e autorização para a abertura de cursos superiores de graduação nos protocolos do Ministério da Educação.

"Há muitos interesses contrariados, mas temos que nos conscientizar de que acima dos interesses das faculdades devem estar os profissionais", afirmou Atheniense.

As declarações foram feitas a alunos da Fundação Mineira de Educação e Cultura de Belo Horizonte (Fumec), que estiveram na OAB para conhecer a sede. Este foi o maior grupo de estudantes que já visitou a entidade e o primeiro de Minas Gerais. No encontro, os estudantes de Direito assistiram a um vídeo sobre a história da entidade e conheceram um pouco de sua atuação.

Além de Aristoteles Atheniense, acompanharam o grupo de estudantes os professores da Fumec Antônio Marcos Nohmi e Gualter de Souza Andrade. (OAB)

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2004, 17h41

Comentários de leitores

2 comentários

Errata: onde se lê "possição" leia-se "posição"...

Hwidger Lourenço (Professor Universitário - Eleitoral)

Errata: onde se lê "possição" leia-se "posição"

Deve-se avaliar bem as posições da O.A.B. Curso...

Hwidger Lourenço (Professor Universitário - Eleitoral)

Deve-se avaliar bem as posições da O.A.B. Curso direito em uma instituição privada, relativamente nova, mas que disponibiliza uma excelentes professores e uma ótima estrutura (Metropolitana/IESB - Londrina-Pr). As vezes fico um pouco incomodado com certas declarações de membros da OAB que nos jogam a todos em um único conceito de instituição caça-níqueis. A atuação da OAB é bem-vinda para barrar tais cursos, mas há que se fazer de modo claro e transparente, indicando quais são esses instituições, sob pena de configurar-se apenas uma possição cartorialista, algo inadmissível a uma instituição basilar como a OAB. Instituição privada não é sinônimo de baixa qualidade, nem universidade pública sinônimo de qualidade.

Comentários encerrados em 01/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.