Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conexões forenses

Tribunal de Justiça do RJ interroga acusadas de fraude na distribuição

Maria de Jesus Gasparini Limeira e Maria Laura Starling, as duas funcionárias afastadas do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro por que detinham as senhas do sistema eletrônico de distribuição serão ouvidas pela comissão de investigação do tribunal nesta segunda-feira (3/4), a partir das 10h.

A comissão, integrada pelos desembargadores Marcus Faver, Humberto Manes e Antônio Siqueira quer saber se as funcionárias cederam suas senhas a terceiros, segundo informa a assessoria de imprensa do TJ-RJ. A pedido dos advogados das funcionárias, a audiência será reservada e a imprensa não terá acesso às depoentes.

A investigação foi deflagrada por um Mandado de Segurança apresentado pelo escritório Andrade & Fichtner contra a 1ª Vice-Presidência do tribunal, que é encarregada do sistema de distribuição de recursos. O MS foi apresentado diretamente ao presidente do TJ, Miguel Pachá. Segundo a assessoria do tribunal, o desembargador, rapidamente, mandou providenciar um rastreamento que localizou outros onze casos de supostas fraude.

Revista Consultor Jurídico, 2 de maio de 2004, 17h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.