Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Madeira ilegal

Ministro da Previdência Social é denunciado por crime ambiental

O ministro da Previdência Social, Amir Lando, está sendo acusado de envolvimento em crime ambiental. O Supremo Tribunal Federal recebeu petição sobre o caso nesta quarta-feira (23/6). Ele é apontado como responsável pela ordem de retirada de madeira, sem a autorização do Ibama, de sua fazenda.

Os autos do inquérito policial foram encaminhados pela 1ª Vara Federal da Justiça de Rondônia, a pedido do Ministério Público Federal, em razão da prerrogativa de foro do ministro, que era senador à época dos fatos.

A fazenda do ministro fica em área localizada na reserva Terra Indígena Rio Omerê, no município de Corumbiara (RO), e foi interditada judicialmente em 1995, sendo proibidas roçadas, derrubadas, extração de madeira ou queimadas.

A medida visava permitir o trânsito de agentes da Funai a fim de localizar índios isolados. A ação menciona resistência por parte de fazendeiros ao trabalho da Funai, bem como desmatamentos desordenados, na área de perambulação de povos indígenas. A relatora da matéria é a ministra Ellen Gracie.

Pet 3.179

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2004, 15h31

Comentários de leitores

6 comentários

No meu sentir, o suposto crime ambiental, atr...

O Martini (Outros - Civil)

No meu sentir, o suposto crime ambiental, atribuido ao ex-senador, é coisa pequena, um deslize, se confirmado. Afinal o PT investiu no político e na sua biografia, o que nos dá total segurança, porquanto um partido com presunção de ética irreprovável. Não bastasse, fora engano, como senador demonstrou patriotismo na defesa de valores culturais, como o empenho na obrigatoriedade legal de traduzir estrangeirismos, nos anúncios comerciais, como "delivery"- fastfood, etc.

Vamos supor que estejamos em um País sério, ond...

Cláudio Solano Pereira ()

Vamos supor que estejamos em um País sério, onde prevaleça a ordem e justiça. Crime ambiental é inafiançável, portanto sr. Amir Lando será preso e responderá processo criminal. Logo em seguida à notícia alvissareira, vêm outras medidas judiciárias. O sr. Waldomiro irá ser acareado com sr. Dirceu, pois, francamente, a mim, e talvez a milhões de nós brasileiros, é muito ou mais importante do que ser acareado com sr. Carlinhos Cachoeria. Em seguida, Sr. Ministro da Saúde sendo acareado com seus assessores diretos identificados na "Operação Vampiro". Ahh que bom viver em um País justo. Quem sabe Deus não tenha sido justo com Adão e Eva, daí Ele ser Brasileiro. Talvez possamos justificar nossa herança.

É exatamente o que eu sempre afirmei, o nascedo...

Salim (Advogado Autônomo)

É exatamente o que eu sempre afirmei, o nascedouro da delinguencia, neste país, brota dos meios políticos; é aí que estão os maiores e piores criminosos que assombram o nosso país, e o que é pior, acobertados com o manto da impunidade. Que pena que em pouco tempo este miserável país, se transformará num país de miseráveis, graças aos representantes do naipe do Sr. Amir Lando. Lamentável.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 02/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.