Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Erro técnico

Instituto de Medicina do Paraná é condenado a indenizar paciente

O Instituto de Medicina e Cirurgia do Paraná LTDA foi condenado a indenizar Ester Georgina Rodrigues em R$ 23.400 por causa de uma queimadura sofrida durante uma cirurgia. A decisão é da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná. Ainda cabe recurso.

Conforme informações do Tribunal de Justiça do Paraná, em maio de 1999, Ester contratou o Instituto para uma histerectomia. A cirurgia foi bem sucedida, mas a paciente começou a sentir dores no pé esquerdo.

A razão era uma queimadura de 3º grau causada pelo equipamento de cauterização do hospital que estava posicionado de maneira incorreta na sala de cirurgia. Na hora do ocorrido a paciente não sentiu dores por estar anestesiada.

Revista Consultor Jurídico, 23 de junho de 2004, 13h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.