Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Primeira Leitura

China suspende embargo à soja brasileira após negociação

A derrota como vitória –1

A China suspendeu o embargo à soja brasileira depois de negociação com o governo brasileiro, ontem, na qual foi definido um novo critério de avaliação do produto a ser embarcado. O Brasil se comprometeu a não deixar ultrapassar o limite de uma semente com traços de fungicida (usadas para semeadura, mas não para consumo) por quilo do grão exportado. Nas exportações para os Estados Unidos e a Europa, há tolerância de três sementes contaminadas por quilo.

A derrota como vitória – 2

A vitória brasileira, na verdade, cheira á derrota. Explica-se. O objetivo principal da China, ao suspender o desembarque da soja, foi plenamente atingido, uma vez que o preço da commodity desabou no período entre 28 de maio, quando o embargo foi anunciado, e esta segunda-feira: a tonelada do produto era comercializada por US$ 320 na época. Hoje, vale US$ 260, um recuo de 18,75%.

A derrota como vitória – 3

Além disso, o acordo segue nebuloso em vários pontos. Por exemplo, o carregamento que seguiu com o critério antigo de seleção de grão será aceito? O preço pago pelos importadores chineses será o atual ou o antigo? Os representantes brasileiros na negociação informaram que os chineses analisarão caso a caso o destino dos carregamentos, mas não havia, até o fim da tarde, confirmação do governo brasileiro sobre essa versão.

A derrota como vitória – 4

O acordo foi firmado no Ministério da Quarentena da China e contou com a participação do governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (Estado que foi mais afetado pelo embargo), e do secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Maçao Tadano. Pelo menos 70% da soja gaúcha segue para aquele país. Além da redução do preço, o Rio Grande do Sul enfrenta uma redução da safra estimada em 42%, na comparação com o que foi colhido no ano passado, por causa de problemas climáticos.

A derrota como vitória – 5

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), somente com a queda das cotações do grão, o prejuízo para o Brasil será de cerca de US$ 1 bilhão. É preciso considerar ainda as despesas com diárias e multas, que deverão ser pagas pelos navios aos portos chineses. Calcula-se que o total de soja embargada seja de 17 mil toneladas.

Meta vencida –1

O Conselho Monetário Nacional deve confirmar no dia 30 a meta de inflação do ano que vem: 4,5%, um ponto percentual a menos do que a deste ano. Só que, para o mercado, essa meta já não é factível.

Meta vencida – 2

As instituições financeiras ouvidas semanalmente pelo Banco Central voltaram a elevar suas projeções para a inflação de 2004 e 2005. Desta vez, a estimativa para o IPCA subiu de 6,61% para 6,79%. A previsão para a inflação de 2005 também foi revista para cima, passando de 5,46% para 5,5%. O levantamento mostrou ainda que as projeções para o juro também subiram. Antes da reunião do Copom, que manteve a Selic em 16% ao ano, a expectativa dos analistas era de que a taxa encerrasse o ano em 14,75%. Agora, prevêem 15%. Para 2005, as estimativas foram elevadas de 13,25% para 13,5%.

Assim falou... Arlindo Chinaglia

“Não vejo motivo para ninguém mudar de posição.”

Do líder do PT na Câmara, sobre a votação do salário mínimo. O governo pretende derrubar na Casa o valor de R$ 275 aprovado pela oposição no Senado e restabelecer sua proposta original, de R$ 260, aprovada na primeira vez pela Câmara. Só quem muito governista querendo aderir ao valor maior para enfrentar eleições municipais sem esse desgaste.

Prova provada

Lembram-se do candidato Lula afirmando que reduziria a carga de impostos do país? E do presidente Lula afirmando que não reduziria não, mas que também não aumentaria? Pois é, saiu a arrecadação dos impostos e contribuições da Receita Federal em maio: totalizou R$ 24,579 bilhões, um valor 5,32% maior, em termos reais (corrigidos pelo IPCA), que o arrecadado em maio de 2003.

O total no período é também recorde para os meses de maio. De acordo com a Receita Federal, a arrecadação da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), de R$ 6,841 bilhões, apresentou um crescimento real de 40,8% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Desde o dia 1º do mês passado, as importações passaram a ser tributadas com a contribuição. No acumulado do ano, a arrecadação federal soma R$ 127,178 bilhões — aumento real de 5,53% em relação ao volume arrecadado no mesmo período de 2003.

A coluna é produzida pelo site Primeira Leitura – www.primeiraleitura.com.br

Revista Consultor Jurídico, 22 de junho de 2004, 11h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.