Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perda na Política

Morre Leonel Brizola, ex-governador do Rio de Janeiro.

O ex-governador do Rio de Janeiro e presidente nacional do PDT, Leonel Brizola, morreu na noite desta segunda-feira (21/6), no Rio de Janeiro. Ele teve infarto decorrente de complicações infecciosas.

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, publicou nota oficial de pesar pela morte do presidente nacional do PDT

Leia a nota:

"Poucos homens públicos puderam construir uma biografia como a de Leonel Brizola. Polêmico, inquieto, provocador, Brizola pode não ter sido uma unanimidade, mas desconheço uma voz que discorde quanto ao seu nacionalismo e profundo amor ao Brasil. Quando no exílio, não lhe faltou o ânimo para lutar pela redemocratização.

De volta, exercitou a política até o fim de seus dias com uma coerência surpreendente - característica pouco comum aos políticos contemporâneos.

Brizola foi fiel aos seus correligionários todos os dias de sua vida. Isso bastaria para receber as maiores homenagens consagradas a um político. Mas Brizola foi muito além: foi uma legenda que levava seu próprio nome. Com ele se vai a marca de um tempo sobre o qual ainda temos muito o que aprender."

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2004, 22h52

Comentários de leitores

6 comentários

realmente grande figura o Brizola, possuia uma ...

Thomaz ()

realmente grande figura o Brizola, possuia uma legião de admiradores! raposa da politica, orador de primeiro escalão, carismático, coerente com seu discurso de palanque. agora, dizer que ele foi santo, que nunca roubou, que nunca foi acusado de corrupção...

Brizola foi um dos raros políticos neste País c...

Luciane D (Outros)

Brizola foi um dos raros políticos neste País coerentes com sua ideologia e, acima de tudo, jamais foi acusado de CORRUPTO. Foi-se uma das figuras mais importantes politicamente e mais atuante na História do Brasil. Para quem não se lembra, Brizola foi um dos únicos que teve a Coragem de contestar os resultados das eleições informatizadas em 2002, afrontou Dr. Roberto Marinho nas eleições presidenciais de 1989 e foi o primeiro a chamar a atenção para o problema do alcoolismo do atual Presidente da República. E quem nos sobrou para tentar, no futuro, melhorar este País, já tão empobrecido politicamente ? Os Malufs da vida? Garotinho e cia. ? A cambada traidora e farsante do PT? Sobrou-nos o suplício advindo dos Suplicys ? É lamentável!

Brizola morre no dia em que começa o inverno. D...

Luiz Eduardo Alves de Siqueira ()

Brizola morre no dia em que começa o inverno. De quem? Do PDT, de quem ele foi senhor absoluto desde a sua fundação, em 1980?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 29/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.