Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

'Índole pessoal'

Ex-presidente do Flamengo devolve título de sócio a desembargador

O ex-presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva, mandou três advogados ao gabinete do desembargador Walter D'Agostino -- que também é presidente do Conselho de Grandes Beneméritos do clube -- para devolver o título de Sócio Emérito que recebeu na Gávea. Os três advogados entregaram, esta semana, ao desembargador um quadro no qual está o título.

Numa declaração entregue pelos advogados, Edmundo Santos Silva anuncia o seu "desligamento a partir da presente data" e que não se considera mais "sócio ou vinculado a esse clube". Afirma, ainda, ter tomado essa decisão por questão de "índole pessoal".

O desembargador D'Agostino disse estar surpreso com a decisão do ex-presidente, principalmente pelo fato de ter sido procurado no Tribunal de Justiça, uma vez que comparece regularmente às reuniões do Conselho de Grandes Beneméritos do Flamengo, onde há funcionários que poderiam receber o título devolvido.

D'Agostino disse ainda que Edmundo deve ter confundido o amor ao Flamengo - "que é sempre eterno" -- com eventuais problemas políticos com os quais se envolveu. "Quem o cassou não foi o Flamengo, mas sim os dirigentes do clube", observou. (TJ-RJ)

Revista Consultor Jurídico, 17 de junho de 2004, 17h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.