Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cara nova

Programa São Paulo Capital & Trabalho discute horas extras

O programa São Paulo Capital & Trabalho, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, ganhou cara nova. Veiculado pela TV Justiça e co-produzido pela Escola da Magistratura do TRT e pela Uni-FMU/Fiam-Faam, o programa vai ao ar nesta quarta-feira (16/6) com novo formato, horário e proposta editorial.

Ele se transforma em um programa temático com o objetivo de analisar os assuntos de maior relevância no cotidiano do Tribunal -- sempre sob a ótica do capital, do trabalhador e dos operadores do Direito.

O São Paulo Capital & Trabalho deixa de ser apenas um programa de entrevistas e passa a promover debates entre empresários, sindicalistas, juízes e advogados, com apresentação de Fernanda Brandão.

Nesta quarta-feira, o programa discute as horas extras, causa que lidera o ranking das reclamações trabalhistas nas 141 Varas do Trabalho de São Paulo.

O tema será debatido pelo empresário Waldemar Cardoso de Andrade, coordenador da Comissão Negociadora do Setor Metal-Mecânico da Fiesp, pelo sindicalista Tadeu Morais de Sousa, coordenador-geral do Centro de Solidariedade do Trabalhador da Força Sindical e pelo juiz Antonio Ricardo, Titular, da 1ª Vara do Trabalho de São Paulo.

Na telinha

O programa vai ao ar às quartas (18h), quintas (7h30) e aos domingos (11h30). Em São Paulo, a TV Justiça pode ser sintonizada pela Net (canal 6), TVA (canal 69), Direct TV (canal 209) e Sky (canal 29).

Por antena parabólica o São Paulo Capital & Trabalho pode ser sintonizado pelo satélite Brasilsat B3, freqüência de descida 4059,91 MHz. Polarização: Vertical, symbol rate: 3,330 MS/s, FEC: 3/4 PID's: Vídeo: 0289, Áudio: 0290, PCR: 0289.

Para saber como sintonizar a TV Justiça em outras cidades, consulte o seu site.

Revista Consultor Jurídico, 15 de junho de 2004, 11h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.