Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questão de competência

TJ deve julgar ex-secretário paranaenese por prevaricação

A 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiu que é da competência do Tribunal de Justiça do Paraná o julgamento do ex-secretário do governo do estado José Cid Campelo Filho, por supostos crimes de falsidade ideológica e prevaricação. As informações são do site do STJ.

Segundo a acusação, ainda no exercício do cargo, Cid Campelo teria adquirido ações de casas do jogo do bingo, pouco tempo depois da publicação de ato normativo de sua autoria que teria legalizado o jogo no Paraná, passando a ser beneficiário da regulamentação.

No recurso em Habeas Corpus para o STJ, a defesa protestou contra a decisão do tribunal paranaense, que reconheceu a competência do juiz de primeiro grau para o processo e julgamento do caso. Para o advogado do ex-secretário, a competência seria do próprio Tribunal de Justiça, segundo entendimento que já estaria firmado no STJ.

O recurso foi acolhido pelos ministros. "A questão acerca da inconstitucionalidade da Lei 10.628/02, que alterou o art. 84 do Código de Processo Penal, tem sido objeto de intensos debates perante o Colendo Supremo Tribunal Federal, não tendo ainda, aquela Corte, chegado a um posicionamento conclusivo", observou o ministro Jorge Scartezzini, relator da matéria.

"De outro lado, cabe a ressalva, ainda, de que o STF (...) firmou entendimento no sentido de que o art. 84 do Código de Processo Penal, com a nova redação dada pela referida lei só prescreve continuidade de foro especial além do fim da investidura do mandatário, quando se cuidar de atos administrativos do agente", ressaltou.

Segundo o ministro, o STJ examinou a questão em algumas oportunidades anteriores, decidindo em todas elas pela competência dos tribunais de Justiça, desde que os delitos tivessem relação com a gestão administrativa.

RHC 15.260

Revista Consultor Jurídico, 11 de junho de 2004, 11h07

Comentários de leitores

1 comentário

quem conhece a familia Campelo e o proprio advo...

Luiz Antonio Mores (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

quem conhece a familia Campelo e o proprio advogado, que vem sendo inescrupulosamente atingido, sabe que o mesmo vem sendo perseguido por pessoas inescrupulosas que só querem o seu mal por ter sido o braço forte no governo anterior.

Comentários encerrados em 19/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.