Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escreva Direito

Escreva Direito: prova e evidência têm definições diferentes.

Por 

Provas X Evidências

Ou são provas, ou são apenas evidências. As provas são concretas, documentadas. As evidências prescindem de provas: tem-se certeza mesmo sem contar com provas objetivas. Portanto, prova e evidência são coisas diferentes.

Legal, legítimo, lícito, permitido

Legal: que está previsto em lei. Legítimo: que emana da vontade popular, baseando-se no direito, na razão e na justiça. Lícito: que não é proibido por lei, não é objeto de lei. Permitido: que é autorizado por lei.

Breve alocução

Toda alocução é breve. É o que significa a palavra alocução. Por tanto, em breve alocução há redundância. Quando se dá esse nome a um longo discurso, a redundância será enriquecida com uma mentira.

Diferenças

Calúnia: acusação falsa, com o objetivo de causar dano. Difamação: desfazer a boa fama. Infâmia: difundir a má fama de alguém, com o objetivo de arrasar. Injúria: injustiça. Ultraje: insulto escandaloso.

Em busca da verdade

Fato verídico: Todo fato é verídico, porque só é fato aquilo que já aconteceu. O fato é que se deve escolher entre: É fato e É verídico. O resto é errado, portanto inverídico.

*Coluna publicada no site Espaço Vital – www.espacovital.com.br. Fonte: Agenda Gramatical, de Paulo Flávio Ledur.

 é advogado, editor do site Espaço Vital e articulista da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 11 de junho de 2004, 8h57

Comentários de leitores

3 comentários

É interessante notar que, no Brasil, a mídia de...

JB. (Procurador do Município)

É interessante notar que, no Brasil, a mídia de um modo geral trata indício como evidência. Sempre que alguém é suspeito de praticar algum ilícito, é comum a notícia aparecer nos meios de comunicação mais ou menos nos seguintes termos: "há evidências de que fulando teria praticado tal crime" ou "há evidências contra fulano, mas a polícia ainda está investigando"...

Calúnia, como definida acima, é de uso INFORMAL...

Marco (Estudante de Direito)

Calúnia, como definida acima, é de uso INFORMAL. Todos sabemos o que o Código Penal define como "calúnia", e mesmo o dicionário Houaiss faz a diferença entre o uso informal e o uso jurídico. E quanto às diferenças apontadas entre os termos "legal", "lícito", "permitido" e "legítimo", nao creio serem muito bem corretas do ponto de vista técnico, uma vez que o mesmo dicionário não faz esse tipo de diferenciação. No entanto, é claro que devemos estabelecer diferenças entre o uso técnico-jurídico e o uso corrente, que, mesmo sendo este formal, pode ser difereciado do primeiro.

Parabéns pelo artigo. Matérias como esta serão ...

Civilistasp (Advogado Autônomo)

Parabéns pelo artigo. Matérias como esta serão sempre benvindas. Quem sabe diminua os absurdos que encontramos nas peças jurídicas, do tipo "o indivíduo está legalmente impedido por lei", "anexar junto" e outras pérolas.

Comentários encerrados em 19/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.