Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Discussão ampla

Gilson Dipp debate poder de investigação criminal do MP

Em reunião no Conselho da Justiça Federal, o ministro do STJ, Gilson Dipp, disse que o trabalho das Varas Especializadas em lavagem de dinheiro pode ser prejudicado caso o Ministério Público perca o poder investigatório na área criminal.

Segundo o presidente da Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público), João de Deus Duarte Rocha, “o MP ganha ainda mais um reforço com o apoio dos juízes federais, ao reconhecerem que somente a sociedade perde sem a nossa investigação”.

Para ele, seria um retrocesso impedir o trabalho que o Ministério Público vem fazendo nos últimos anos e resultou em prisões como a da fraudadora do INSS Jorgina de Freitas e do juiz Nicolau dos Santos Neto.

Ele lembra ainda episódios recentes que contaram com a investigação do Ministério Público, como o do ex-deputado Hidelbrando Pascoal, Operação Gafanhoto e Operação Anaconda.

Há dois processos sendo analisados no Supremo Tribunal Federal que levantam a questão da investigação pelo Ministério Público. O inquérito 1968 trata de uma denúncia contra o deputado federal Remi Trinta por fraude contra o SUS. Há também a ação da Confederação Brasileira de Policiais Civis.

Revista Consultor Jurídico, 8 de junho de 2004, 16h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.