Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova denúncia

Justiça recebe nova denúncia de fraude no Consórcio Garibaldi

A 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba recebeu nova denúncia de gestão fraudulenta em relação à quebra do Consórcio Nacional Garibaldi. As informações são da Justiça Federal do Paraná.

O consórcio teve a sua liquidação extrajudicial decretada. Segundo o Banco Central, foi constatado rombo nas contas dos grupos do consórcio de quase R$ 18 milhões. Entre as irregularidades, estariam saques indevidos, taxas de administração sacadas a maior, contemplações irregulares, quitação de parcelas e lances sem o efetivo ingresso de recursos.

Segundo a denúncia, existem indícios de que Sergio Amílcar de Aguiar Maia também teria atuado como gestor do consórcio, na qualidade de superintendente de todo o grupo empresarial.

Também já foram denunciados pelo mesmo fato, Antônio Celso Garcia, Agostinho de Souza e Rui Rodrigues Libretti. O processo e julgamento destas ações estão parados por liminar concedida em 2 de agosto de 2002 pelo ex-ministro Vicente Leal, do Superior Tribunal de Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 7 de junho de 2004, 17h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.