Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Homenagem

Sala de Turma dos Juizados passa a se chamar juíza Fabíola Bernardi

A sala de sessões da Turma de Uniformização Nacional dos Juizados terá o nome da juíza Fabíola Bernardi, que morreu recentemente em acidente aéreo. A proposta, feita pelo presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), juiz Jorge Maurique, foi aprovada nesta sexta-feira (4/6) pelo Conselho da Justiça Federal.

Por unanimidade, os cinco desembargadores que compõem a coordenação dos Juizados Especiais Federais, um de cada região da Justiça Federal, mais seu coordenador-geral, ministro Ari Pargendler, do Superior Tribunal de Justiça, acolheram o pedido de Maurique.

A medida foi sugerida por Jorge Maurique em seu discurso de posse na presidência da Ajufe, no último dia 1º de junho:

“Tenho certeza de que todos concordarão que o melhor modo de, nesse momento, bem demonstrar a gratidão aos colegas juízes e juízas que, com dedicação e competência, prestam o serviço jurisdicional aos cidadãos brasileiros, é trazer a lume um nome: Fabíola Bernardi. Uma juíza jovem, que, por acreditar que o povo brasileiro, principalmente o mais sofrido, precisa ter a Justiça ao seu alcance, não titubeou em sair de Brasília e passar a trabalhar na distante cidade de Tabatinga, situada lá onde a pobreza brasileira faz fronteira com os nossos irmãos latino americanos.

Essa colega faleceu em serviço, quando se deslocava em vôo comercial de Tabatinga para comparecer em um seminário promovido pelo Conselho da Justiça Federal. Nós lembraremos sempre de Fabíola Bernardi, e em sua homenagem proporemos que o nome da sala de sessões da Turma de Uniformização Nacional dos Juizados leve seu nome, pois a esses órgãos ela dedicou praticamente todos os seus dias como magistrada. Também acompanharemos as investigações quanto ao acidente que a vitimou, em busca de que os responsáveis sejam identificados e adequadamente punidos”.

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2004, 16h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.