Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De volta

Ex-gerente é condenado a devolver R$ 244 mil para a CEF

Um ex-gerente adjunto da Caixa Econômica Federal foi condenado pelo Tribunal de Contas da União ao pagamento de R$ 234.616,43 e multa de R$ 10 mil, pelos prejuízos causados à entidade. Ainda cabe recurso.

Eduardo dos Santos Pereira, de Assis Chateaubriand, no Paraná, foi acusado de fraudar assinaturas de clientes para obter empréstimos para si e realizar financiamento fictício de tributos e arrecadação.

As quantias deverão ser depositadas nos cofres da CEF e do Tesouro Nacional, no prazo de 15 dias. Caso o contrário, o tribunal já autorizou a cobrança judicial. Cabe recurso da decisão. O ministro Humberto Guimarães Souto foi o relator do processo.

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2004, 18h00

Comentários de leitores

2 comentários

A impunidade, que outrora no Brasil, tinha um m...

Dr. Eraldo Tadeu da Silva (Advogado Assalariado)

A impunidade, que outrora no Brasil, tinha um manto de acobertamento, agora, vislumbra-se em outro caminho. Observar-se que, o Ministerio Publico Federal exercendo com plena logica e razoabilidade o seu mister - ter permitido a Justica Brasileira, respaldo para desmascarar estes e outros gatunos do erario publico. Podemos avancar mais.

Tadinha da CEF, fiquei emocionado ao saber que ...

Luís Eduardo (Advogado Autônomo)

Tadinha da CEF, fiquei emocionado ao saber que ela terá seu (nosso) dinheiro de volta. Me interessa saber o que a CEF fez contra os clientes antes de saber que era seu funcionário o 'gatuno'? Será que eles receberam aquelas amáveis cartinhas ou ligações de escritórios de cobrança? Tiveram seus nomes protestados e enviados ao Serasa?

Comentários encerrados em 12/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.