Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Aula de História

Museu Histórico em Brasília é inaugurado pela OAB

O presidente nacional da OAB, Rubens Approbato Machado, inaugura nesta segunda-feira (15/9), às 19h, o Museu Histórico da entidade que vai mostrar documentos e objetos importantes não só para Ordem e a advocacia, mas para a própria história do Brasil. A solenidade contará com a presença de ministros, senadores, membros da Ordem dos Advogados do Brasil.

Entre outros documentos e objetos do acervo, será exposto, durante a solenidade, o original da petição do "impeachment" do ex-presidente Fernando Collor, assinada em 1992 pelos então presidentes do Conselho Federal da OAB, Marcelo Lavenère Machado, e da Associação Brasileira de Imprensa, Barbosa Lima Sobrinho. Uma reprodução fiel da peça, parte de um processo de 200 páginas, ficará em exposição permanente no Museu.

Momento dramático da vida nacional, o ato terrorista que resultou na morte de Lyda Monteiro da Silva poderá ser lembrado em painel ilustrativo com a reprodução do laudo pericial sobre o atentado. A mesa onde morreu a secretária do presidente nacional da OAB à época, Eduardo Seabra Fagundes, ocupa lugar de destaque como símbolo de repúdio ao terrorismo e resistência à ditadura. Nessa linha, há também o habeas corpus impetrado por Sobral Pinto em favor de Harry Berger, acusado de subversão na ditadura Vargas.

O Museu Histórico da OAB, instalado no térreo do Edifício OAB (SAS Q 5, Lote 2, Bloco N, Térreo), funcionará de terça a sexta-feira, de 9h a 12h e de 14h30 às 18h. (OAB)

Revista Consultor Jurídico, 15 de setembro de 2003, 12h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/09/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.