Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dinheiro do tráfico

OAB critica declaração de advogada de Fernandinho Beira-Mar

Os presidentes das 27 OABs estaduais, reunidos nesta sexta-feira (28/03), em Goiânia, criticaram duramente as declarações da advogada Cecília Machado, que admitiu, em entrevista ao Jornal do Brasil, receber dinheiro do tráfico. Cecília é advogada de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

Os presidentes das OABs consideraram as declarações da advogada como confissão de crime. O advogado Safe Carneiro, presidente da OAB do Distrito Federal, onde Cecília é inscrita, anunciou que já determinou a abertura de processo disciplinar contra ela.

O presidente nacional da OAB, Rubens Approbato Machado, deu a seguinte declaração sobre o caso: "A OAB do DF está instaurando a competente representação disciplinar contra a advogada. O advogado é necessário para que a decisão -- condenatória ou absolvitória -- seja justa. Isto é um princípio fundamental de um verdadeiro estado de direito. Sem isto, voltamos à justiça pelas próprias mãos."

Approbato disse ainda que o código de ética da profissão e a lei estabelecem uma forma ética de remuneração. Por isso, sustenta, o valor pago tem o nome de 'honorários', que origina do vocábulo latino de 'pro honori' (pela honra). (OAB-SP)

Leia também:

28/3/2003

"Eu recebo dinheiro do tráfico" (a entrevista de Cecília Machado ao JB)

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2003, 8h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.