Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Comitiva real

Sindicato de Jornalistas critica 'despreparo' da Polícia Federal.

Um jornalista entrou com seu carro, por engano, no meio da comitiva da rainha da Holanda e os policiais que faziam a escolta bateram em seu carro e o ameaçaram. O incidente, segundo o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, "mostra o despreparo da Polícia Federal".

Leia a notícia do sindicato:

Um incidente envolvendo a comitiva da Rainha da Holanda, um jornalista, seu advogado, o presidente do Sindicato dos Jornalistas e a Polícia Federal mostra o despreparo e a truculência da PF.

O jornalista Guilherme Berriel, editor da revista Executivos Financeiros, ia de sua casa ao trabalho hoje cedo quando, inadvertidamente, entrou no meio da comitiva da Rainha da Holanda. Guilherme teve seu carro batido e foi ameaçado e humilhado pelos agentes federais.

Depois, na delegacia da rua Piauí com a Itacolomi, onde está preso o juiz Lalau, o próprio Guilherme, seu advogado e o presidente do Sindicato foram submetidos a um tremendo chá de cadeira de várias horas pelo delegado Dr. Duran que, dessa forma, deu uma demonstração de "poder" absolutamente desnecessária, para quem não necessita disso.

"Precisamos de uma polícia que seja eficiente no combate ao crime organizado e na proteção aos cidadãos, e não uma polícia cujos agentes ameacem os próprios cidadãos e se prevaleçam da prerrogativa de andar armados para intimidar as pessoas de bem", disse o presidente do Sindicato.

Felizmente sua alteza, naquele momento, não estava na comitiva e não presenciou o vexaminoso show da Polícia Federal.

Revista Consultor Jurídico, 27 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 27 de março de 2003, 12h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.