Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perigo constante

Secretaria de Segurança libera 785 policiais para escoltar juízes

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Saulo de Castro Abreu Filho, informou que a Polícia Militar colocou 785 homens à disposição do Tribunal do Justiça paulista para fazer a escolta de ameaçados. A Secretaria também disponibilizou viaturas aos juízes que se sentirem ameaçados.

As informações foram dadas na tarde desta terça-feira (18/3) ao presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Claudio Baldino Maciel, por telefone. Eles conversaram sobre as providências tomadas em relação ao assassinato do juiz-corregedor da Vara de Execuções Criminais de Presidente Prudente, Antônio José Machado Dias.

Nesta quinta-feira (20/03), parte da comissão da AMB criada para acompanhar o caso estará em Presidente Prudente. Os representantes da associação se reunirão com juízes do Município e da região, no Fórum, às 16h, e em seguida, acompanharão a missa de 7º dia da morte do juiz-corregedor, também no Fórum, às 18h.

Na conversa com Maciel, o secretário de Segurança de São Paulo garantiu um canal de interlocução direto com a comissão da AMB. Segundo ele, os melhores homens da Polícia Militar estão trabalhando no caso, sob a supervisão direta do secretário-adjunto de Segurança, Marcelo Martins de Oliveira.

A comissão da AMB, criada para acompanhar o caso, já tomou conhecimento do inquérito policial e tem conversado com representantes do TJ-SP e da Secretaria de Segurança Pública.

Participam da comissão os juízes Heraldo Silva (SP), vice-presidente da AMB; Rodrigo Collaço (SC), Coordenador da Justiça Estadual da AMB; Jorge Massad (PR), vice-presidente da AMB para a área de Valorização Profissional; Eduardo Gesse, juiz da 1ª Vara Cível de Presidente Prudente e Leonardo Marcondes, juiz de Direito em Presidente Bernardes.

Revista Consultor Jurídico, 18 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 18 de março de 2003, 18h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/03/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.