Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jogo empatado

Julgamento de ação de Edmundo contra jornalista está empatado

O julgamento da ação penal movida pelo jogador Edmundo contra o diretor de redação da revista Veja, Tales Alvarenga, teve continuidade nesta quinta-feira (13/3). O jogador alegou que se sentiu ofendido com a capa da revista de 9 de outubro de 1999. O título era: Animais no volante - Casos como o do jogador Edmundo mostram o que a Justiça pode fazer contra a barbárie do trânsito. A notícia tratava do acidente em que Edmundo se envolveu na Lagoa Rodrigo de Freitas (RJ). Na ocasião, três pessoas morreram.

Por enquanto, o caso está empatado no Tribunal de Alçada Criminal de São Paulo. O julgamento foi adiado porque o juiz Laércio Laurelli pediu vista.

O relator do caso, Di Rissio Barbosa, votou no sentido de condenar o jornalista a pagar multa. Nesta quinta-feira, o juiz Silveira Lima, da 1ª Câmara do Tacrim-SP, votou pela absolvição de Tales Alvarenga.

Silveira Lima acatou os argumentos do departamento jurídico da Editora Abril de que a notícia teve caráter pedagógico. Para ele, não houve qualquer abuso na informação.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2003, 17h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/03/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.