Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Avanço e repercussão

Senador elogia decisão do governo de não importar tecnologia digital

O senador Roberto Saturnino (PT-RJ) elogiou a decisão do governo de Luiz Inácio Lula da Silva de não importar uma tecnologia digital "já pronta" para transmissão e recepção de sons e imagens (TV).

"Isso é uma posição política de grande repercussão econômica e social", afirmou, observando que essa postura demonstra a preocupação do novo governo com o desenvolvimento do país.

Conforme adiantou, estaria sendo estudada a criação de uma tecnologia nacional ou em parceria com países com potencial de desenvolvimento próximo ao do Brasil, como China ou Índia. Saturnino acredita que essa medida pode resultar em um "enorme volume" de negócios, impulsionadores da geração de emprego e renda, do avanço tecnológico e de receitas de exportação.

"Esse assunto não tem pressa, pois a nova tecnologia digital ainda não está consolidada e o desenvolvimento deste mercado ainda está lento", declarou.

Ao final de seu pronunciamento, Saturnino saudou a iniciativa do governo na figura dos ministros das Comunicações, Miro Teixeira, e da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral.

Fonte: Agência Senado.

Leia também:

23/01/2003 - Padrão nacional

Ministro recebe estudo do CPqD sobre TV digital

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2003, 19h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/03/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.