Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conflito profissional

Ex-baterista do Police processa Manzarek e Krieger, do The Doors.

O ex-baterista do grupo inglês The police, Stewart Copeland, entrou com um processo contra Ray Manzarek e Robby Krieger, do grupo americano The Doors, por quebra de compromisso. Os dois renomearam o grupo de Doors of the 21st Century e chamaram Copeland para tocar e gravar com eles.

Copeland fez alguns concertos, mas machucou um cotovelo em dezembro e ficou dois meses parado. Manzarek chamou o baterista Ty Dennis para substitui-lo e não aceitou Copeland de volta. O ex-Police quer US$ 1 milhão de indenização.

Manzarek e Krieger têm outro processo na justiça, movido pelo baterista original da banda, John Densmore, que não quer que os dois usem o nome original e nem o mesmo design do logotipo original em sua nova banda.

Densmore hoje em dia toca jazz e disse que quer ver preservado o legado da banda que tinha Jim Morrison no vocal. As informações são da Rolling Stone.

GloboNews.com

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2003.

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2003, 18h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/03/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.