Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questão inusitada

Concurso de juiz no RS exige conhecimento sobre Big Brother

(D) artificial (linha 07), melancólicas (linha 26) e posando (linha 29)

(E) higienizado (linha 07), remota (linha 20) e bancando (linha 29)

09. Analise as sugestões de alterações da pontuação do texto.

I - Inserção de vírgulas antes e depois de quase sempre (linha 01)

II - Substituição do ponto-e-vírgula da linha 06 por ponto, com modificação para maiúscula da letra inicial da palavra seguinte.

III - Inserção de vírgula depois de som (linha 11)

IV - Inserção de vírgula antes de do rude e doloroso (linha 19)

Quais manteriam a correção e o sentido original do texto?

(A) Apenas I e II

(B) Apenas II e III

(C) Apenas II e IV

(D) Apenas I, II e III

(E) Apenas I, III e IV

10. Assinale a alternativa que apresenta apenas formas verbais pertencentes a verbos que formam substantivos com o mesmo sufixo que aparece em banimento (linhas 30-31).

(A) substituiu (linha 09) e aparecer (linha 10)

(B) substituiu (linha 09) e emudecida (linha 16)

(C) cassou (linha 10) e reabilitou (linha 15)

(D) aparecer (linha 10) e emudecida (linha 16)

(E) reabilitou (linha 15) e emitir (linha 22)

11. Considere as assertivas abaixo.

I - Os princípios constitucionais servem para implementar uma feição sistêmica ao conjunto de normas que formam a Constituição.

II - Os princípios constitucionais representam um norte para o intérprete que busca o sentido e o alcance das normas e formam o núcleo basilar de todo o sistema jurídico nacional.

III - Em razão de suas características, os princípios constitucionais não possuem força normativa.

Quais são corretas?

(A) Apenas I

(B) Apenas II

(C) Apenas I e II

(D) Apenas I e III

(E) Apenas II e III

12. Considere as assertivas abaixo acerca dos Direitos Humanos na Constituição Federal brasileira 1988.

I - Consideram-se prevalentes em face da supremacia normativa que exclui qualquer outra regra jurídica do sistema.

II - Apresentam-se como princípios constitucionais e, enquanto tais, estão especificados de forma exemplificativa ao longo de todo o texto constitucional.

III - Têm, no princípio da dignidade da pessoa humana e nos Direitos Fundamentais, a dimensão normativa e objetiva das suas possibilidades de concretização.

Quais são corretas?

(A) Apenas I

(B) Apenas II

(C) Apenas I e II

(D) Apenas I e III

(E) Apenas II e III

13. Assinale a assertiva incorreta

(A) Não se caracteriza o direito líquido e certo para fins de mandado de segurança quando o impetrante fundamenta o seu direito subjetivo em lei cujos efeitos foram anulados por outra em juízo singular de primeiro grau.

(B) Pelos termos do princípio da universalidade da jurisdição e do acesso ao Poder Judiciário, os casos de ameaça de lesão ou lesão de direitos podem ser julgados somente por um único ente estatal: o Poder Judiciário.

(C) A garantia constitucional do contraditório tem como requisito a participação das partes na formação das lides processuais, assegurando sua eficiência apenas se for possibilitada aos componentes da relação atuação na inteireza dos procedimentos.

(D) O direito de petição não pode ser usado como sucedâneo de instrumento processual, pois seu objetivo é tão-somente o de assegurar as prerrogativas da cidadania e não substituir o Poder Judiciário na sua plenitude de jurisdição.

(E) Não cabe agravo de decisão que indefere o pedido de suspensão da execução da liminar, ou da sentença em mandado de segurança.

14. Assinale a assertiva correta.

(A) A utilização do habeas corpus constitucional depende de um cometimento por parte exclusivamente do Estado, de arbitrariedade tolhedora do direito de locomoção de alguém, sendo possível de igual forma, com este instrumento, o combate de comportamento estatal omissivo que venha a tolher aquela liberdade.

(B) O mérito de punição disciplinar militar pode ser discutido pelo "habeas corpus desde que tenha reflexos diretos sobre a liberdade do militar.

(C) O mandado de segurança coletivo não pode ser utilizado para a proteção de direitos que nascem de uma relação jurídica em que o bem é divisível e pertence a um grupo de pessoas determinadas.

(D) A legitimidade passiva no âmbito do mandado de injunção se concentra nos órgãos públicos que deveriam zelar pela aplicabilidade da norma, sendo vedada a impetração contra entidades de direito privado.

(E) São passíveis de figurar no pólo passivo do habeas data tão -somente as instituições públicas, da administração direta e indireta, que tenham registros de dados de cidadãos.

15. Assinale a assertiva incorreta.

(A) São exigências constitucionais à indicação de Ministro do Superior Tribunal de Justiça: ser brasileiro nato ou naturalizado, ter entre 35 (trinta e cinco) e 65 (sessenta e cinco) anos de idade, ter notável saber jurídico e apresentar reputação ilibada.

Revista Consultor Jurídico, 29 de maio de 2003, 12h44

Comentários de leitores

3 comentários

Parabéns Cristiano pela crítica. Por coisas do...

abreu (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Parabéns Cristiano pela crítica. Por coisas do gênero, as pessoas nem acreditam mais na justiça, e nem podem mesmo, diante dos absurdos ridículos perpetrado para um concurso que deveria ser do mais alto nível.

Quem diria que um concurso tão almejado muitos ...

Cristiano (Outros - Empresarial)

Quem diria que um concurso tão almejado muitos tenha que se dar ao displante de inserir um assunto tão baixo e rasteiro que é esse programa de baixarias, idiotices, hipocrisias e medíocridade. O copista que trouxe (porque copiou dos norte-americanos) um programa como esse para a Rede Globo sabe exatamente como induzir o povo a se prender no sofá diante da telinha para ver o que outros idiotas (macacos de circo) fazem durante 24 horas. Mais medíocres são as pessoas que ainda ficam comentando no dia seguinte no local de trabalho o que fulano fez, o que fulana disse, etc... Justamente feito para pessoas idiota e medíocres que não têm o que fazer no mínimo não têm expectativa de futuro, somente ficam olhando, olhando,olhando, e depois se dão ao trabalho de ficar comentando o que fulana fez........ Francamente!!! Eu pensei que o Poder Judiciário tivesse coisas mais importantes para fazer (a demanda é muito grande e acumulativa, e se não trabalharem é pior)do que ficar comentando um programa que no mínimo é desprezível. Tudo que a Rede Globo quer: pessoas formadas pela sua indução e não pessoas formadoras de opinião!! Vejamos um velho ditado oriental: "Os grandes discutem idéias os medianos discutem fatos e os medíocres discutem pessoas" Sábio ditado!

Interessante este texto, mas tenho que discorda...

Ronaldo Chevalier ()

Interessante este texto, mas tenho que discordar da manchete do referido site: "Concurso de juiz exige conhecimento sobre Big Brother". Não estou aqui defendendo os autores da prova ou do concurso, muito pelo contrário, mas, para mim a questão é bem claro e trata-se apenas de uma interpretação correta ou não do texto apresentado que por acaso fala sobre o vencedor do Big Brother. Independente de se conhecer ou não o programa ou seus participantes o canditado deveria analisar o texto e responder as questões... essa em particular nada mais faz do que tentar induzir o canditado a erro (como tantas outras questões em qualquer tipo de prova ou concurso) quando em seu enunciado dia: "02. A crônica de ................. assinale aquele que não constitui um argumento comprobatório de tal tese." Consequentemente a resposta correta é relacionada ao vencedor do Big Brother, isso independe do conhecimento do programa e sim da correta interpretação e assimilação do texto. Que acredito deva ter sido a intenção dos autores.

Comentários encerrados em 06/06/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.