Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem acordo

Angélica e TV Globo são processadas por danos morais e materias

A apresentadora Angélica Ksyvickis esteve nesta quarta-feira (28/5) na 41ª Vara Cível, no Fórum do Rio de Janeiro. Ela e a TV Globo estão sendo processadas por Davi da Silva Lamego e Carlos Eduardo Marques Tito, que alegam terem sido espancados durante a gravação de um dos episódios do programa Fama, em junho de 2002.

Cada um pede R$ 600 mil a título de danos morais e R$ 50 mil para cobertura de despesas médicas. Como não houve acordo entre as partes, o juiz Leandro Ribeiro da Silva deverá decidir no início de julho, depois que os advogados apresentarem as alegações finais por escrito.

Segundo os dois jovens, que na época dos fatos eram menores de idade, eles foram assistir à gravação do programa numa caravana. Eles disseram que algumas pessoas gritaram "loura burra, Xuxa" para Angélica e que, apesar de não terem participado, foram retirados "brutalmente" do estúdio por um segurança da apresentadora e levados para outra sala, onde teriam sido "espancados por cerca de 10 minutos e ameaçados por seguranças da emissora". Os jovens chamaram a Polícia Militar, fizeram exames de corpo de delito e registraram a ocorrência.

Em seu depoimento, Angélica disse só ter sabido que algumas pessoas foram retiradas do estúdio de gravação no dia seguinte, sem maiores detalhes. Para seus advogados, ela não deveria ser parte no processo, já que o segurança é contratado pela empresa e não por ela.

Além disso, a defesa da apresentadora argumentou que o valor pleiteado pelos jovens é desproporcional ao dano alegado: "eles poderiam comprar 60 carros populares zero km, um apartamento de luxo na Zona Sul do Rio ou receber cerca de R$ 6 mil por mês como rendimento de aplicação financeira, o que equivale a um salário de diretor das maiores multinacionais estabelecidas no país". (TJ-RJ)

Revista Consultor Jurídico, 28 de maio de 2003, 21h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/06/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.