Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

'Chamada Geral'

Deputado do Pará é acusado de calúnia, injúria e difamação.

O Supremo Tribunal Federal recebeu inquérito encaminhado pela Justiça do Pará para investigar o radialista e deputado federal Wladimir Afonso da Costa Rabelo (PMDB/PA) por suposta prática dos crimes de calúnia, injúria e difamação (Lei de Imprensa 5.250/67).

O inquérito se baseia em representação do prefeito de Belém (PA), Edmilson Rodrigues, também formulada contra o advogado Edson Soares. O prefeito requer a punição do parlamentar por supostas ofensas veiculadas nos programas "Chamada Geral", da rádio Rauland FM e "Comando Geral", da emissora RBA, que foram ao ar em 23 de julho de 2002.

Uma das declarações veiculadas por uma das emissoras responsabiliza o prefeito pela agressão da Guarda Municipal praticada contra um cidadão. "(...) O Edmilson (...) através da Guarda Municipal e dos seguranças foram lá, bateram no rapaz e algemaram (...)". O inquérito foi distribuído ao ministro Carlos Velloso.

Inq 1.979

Revista Consultor Jurídico, 12 de maio de 2003, 10h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.