Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sob suspeita

TJ do DF decide afastar desembargador de suas funções

Depois de quase 12 horas de uma sessão administrativa secreta, o Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios decidiu, no início da noite de quarta-feira (7/5), por maioria de votos, instaurar procedimento administrativo disciplinar para investigar o desembargador José Wellington Medeiros. Também por maioria, os desembargadores decidiram afastá-lo de suas atribuições, até a conclusão do procedimento disciplinar.

Dos 26 desembargadores presentes, 25 votaram pela abertura de processo. Quanto ao afastamento, 21 foram favoráveis à medida. Apenas um magistrado votou pelo arquivamento do feito.

De acordo com o Regimento Interno, o presidente do TJ-DF, desembargador Natanael Caetano Fernandes, também votou na sessão, pela instauração do procedimento e pelo afastamento do desembargador Wellington.

O presidente do TJ-DF afirmou que o processo será distribuído ainda nesta quinta-feira (8/5). Há previsão de que em 30 dias, o procedimento esteja concluído. (TJ-DF)

Revista Consultor Jurídico, 8 de maio de 2003, 9h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.