Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Futebol de robô

Pesquisa catarinense surpreende na copa de futebol de robôs

Apesar do empate com o México, o futebol brasileiro conseguiu sair por cima nos Estados Unidos. Nesta sexta-feira, pesquisadores do Instituto Jurídico de Inteligência e Sistemas - Ijuris apresentaram uma análise do futebol da Seleção Canarinho na RoboCup American Open, em Pittsburg, EUA, que iniciou em 30 de abril e vai até o próximo domingo.

Convidado pela campeã mundial de futebol de robô, Profª. Manuela Veloso, o Ijuris, instituição sediada em Florianópolis-SC, apresentou artigo sobre Inteligência Futebolística, abordando o tradicional conhecimento tático brasileiro, através da Representação de Conhecimento Contextualizado Dinamicamente (RC2D) um processo de análise de dados que compõe o sistema de Pesquisa Contextual Estruturada (PCE). Essa tecnologia, única no mundo, foi projetada primeiramente para o programa Olimpo®, desenvolvido pelo Instituto e destinado a realizar buscas inteligentes nos documentos elaborados pelo Conselho de Segurança da ONU.

De acordo com um dos representantes do Ijuris na RoboCup, Prof. Hugo Cesar Hoeschl, Doutor em Inteligência Aplicada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o interesse pela apresentação foi surpreendente. "O salão de conferências estava absolutamente lotado, e quando mostramos as análises estatísticas sobre o desempenho do futebol brasileiro em Copas do Mundo, foi um 'oohhh' geral", ilustra.

Após a palestra, a equipe do Instituto, também composta pela Mestre em Inteligência Aplicada, Prof. Tânia D'Agostini Bueno, ficou respondendo perguntas até o final da sessão. "Acredito que nunca este desempenho havia sido conectado diretamente com o 'conhecimento', e esta conexão marcou uma forte posição", explica. Em meio aos esclarecimentos, a equipe foi convidada por professores da Universidade do México a coordenar uma parte da Conferência sobre Futebol de Robô da América Latina, que será realizada na Cidade do México em 2004.

Através da aplicação da RC2D ao futebol, é possível fazer uma análise das descrições de jogos, assim como uma avaliação do desenvolvimento dos times em situações de defesa ou de ataque. Toda a informação relevante para definir as características de um time pode ser extraída Dessa forma é possível estudar as técnicas de desenvolvimento dos times e descobrir seus pontos fortes e fracos, colocando tudo em uma forma textual, explica Andre Bortolon, pesquisador da equipe, que também é composta por Eduardo Mattos, Marcelo Ribeiro e Cristina Santos.

Pesquisas como essa realizada pelo Ijuris futuramente podem ser utilizadas por técnicos de futebol para, através dos resultados, estruturar táticas que melhorem o desempenho e, conseqüentemente, o resultado de seus times. De uma maneira ou de outra o Brasil continua mostrando que quando o assunto é bola no pé ele ataca por todos os lados.

Revista Consultor Jurídico, 2 de maio de 2003, 11h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.