Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direitos humanos

OAB paulista quer acesso livre de entidades na Febem

O advogado Ariel de Castro Alves deve representar a OAB-SP no Conselho Estadual do Bem-Estar do Menor como suplente de Roberto Vômero Mônaco, ambos da Comissão de Direitos Humanos da entidade. A reunião do Conselho -- a primeira na gestão do atual presidente da instituição, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa --, acontece nesta segunda-feira (30/6), às 15h, no auditório da rua Florêncio de Abreu, 848.

A CDH espera que o Conselho Estadual do Bem-Estar do Menor, nessa gestão, tenha uma atuação mais deliberativa e menos homologatória. "Vamos lutar para que se regulamente o acesso livre das entidades de Direitos Humanos na Febem, por uma Corregedoria Geral independente e pela reestruturação da instituição, entre outros tópicos", diz Ariel.

Constam da pauta a posse dos novos conselheiros, a aprovação da criação de uma Corregedoria Geral da Febem vinculada à presidência e a formalização da criação, extinção e alteração de unidades na Capital e Interior do Estado. Constam também a apreciação dos balanços e orçamento da Fundação. (OAB-SP)

Revista Consultor Jurídico, 30 de junho de 2003, 13h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.