Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Circo na política

Chega ao Supremo inquérito que investiga deputado Ênio Tatico

O Ministério Público Eleitoral de Goiás encaminhou ao Supremo Tribunal Federal o inquérito contra o deputado federal Ênio Tatico (PTB-GO) para apurar eventual prática de crime eleitoral.

A pedido do juiz eleitoral de Anápolis (GO), foi aberto inquérito policial para apurar se Tático usou um circo para fazer propaganda eleitoral.

A acusação foi feita pelo advogado Evandro Coutinho, que noticiou o fato ao Ministério Público Eleitoral. Ele afirmou que o circo fazia espetáculos gratuitos aos moradores da cidade com o objetivo de aliciar eleitores para o então candidato -- o que é crime, de acordo com o artigo 334, do Código Eleitoral.

O advogado sustentou que no interior do circo foram afixados diversos cartazes de propaganda eleitoral, "fazendo entender que a gratuidade do acesso aos espetáculos vem sendo propiciada pelo referido candidato."

O inquérito ainda não foi distribuído a um relator. (STF)

INQ 2.018

Revista Consultor Jurídico, 30 de junho de 2003, 16h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.