Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mais comunicação

Supremo quer ter uma rádio nacional sobre Justiça

Quase um ano depois da inauguração da TV Justiça, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Maurício Corrêa, recém-empossado no cargo, quer agora criar a Rádio Justiça. A intenção do STF é ter uma rádio de amplitude nacional.

Corrêa informou que marcará em breve uma audiência com o ministro das Comunicações, Miro Teixeira, para pedir uma concessão de emissora de rádio para o Judiciário. Os custos com a nova empreitada ainda não foram contabilizados. No entanto, o presidente do STF pretende conseguir um apoio operacional da Radiobrás, a empresa de comunicação do governo, para tomaremprestados equipamentos.

Além da rádio, Maurício Corrêa quer também transformar a TV Justiça em canal aberto de televisão. Atualmente, os julgamentos e programas feitos pelo Ministério Público e tribunais do país só podem ser assistidos por assinantes de TV a cabo. A intenção do presidente do Supremo é deixar o Judiciário e as atividades por ele desenvolvidas mais transparentes para a sociedade.

Fonte: O Globo - Carolina Brígido

Revista Consultor Jurídico, 17 de junho de 2003, 9h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/06/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.