Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Arquivos maléficos

Líder do governo no Senado é alvo de golpes pela Internet

Por  e 

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante, enviou no dia 10 de junho um ofício ao presidente do Senado, José Sarney, para que fossem tomadas "as providências necessárias no sentido de investigar o uso de seu nome em mensagens eletrônicas contendo vírus e na prática de golpes via Internet, com a devida apuração do remetente".

O requerimento, que contém 10 mensagens eletrônicas anexadas, foi encaminhado à Corregedoria Parlamentar por despacho do senador Sarney. O corregedor, senador Romeu Tuma, determinou a autuação como petição, e irá determinar as próximas providências.

Pelo texto do documento, supõe-se que Mercadante foi alvo de e-mails fraudulentos citando seu nome e contendo links para arquivos maléficos que, após instalados pelos usuários, invariavelmente servem para roubar senhas bancárias e informações financeiras.

Este se tornou um dos golpes mais comuns na Internet, nos últimos meses, mas até agora só nomes de empresas, sites e provedores haviam sido usados. Informações detalhadas sobre o que aconteceu, porém, só se o gabinete de Mercadante retornar o email com pedido de informações, já que o site do Senado apenas disponibiliza o resumo da petição, mas não o conteúdo dos e-mails suspeitos.

Atualização (17/06): O chefe de gabinete do senador Mercadante, Antonio Oscar Lóssio, enviou resposta hoje afirmando que "não está autorizado a passar maiores informações a respeito da petição, para não atrapalhar as investigações".

 é jornalista e responsável pelo site sobre segurança e privacidade InfoGuerra.

 é advogado, diretor de Internet do Instituto Brasileiro de Política e Direito da Informática (IBDI), membro suplente do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e responsável pelo site Internet Legal (http://www.internetlegal.com.br).

Revista Consultor Jurídico, 16 de junho de 2003, 16h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/06/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.