Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Transparência total

Convênio pretende informatizar salas de audiência criminal no PR

O presidente da OAB-PR, José Hipólito Xavier da Silva, e o presidente do Tribunal de Justiça paranaense, desembargador Otto Luiz Sponholz, estão ultimando entendimentos com vistas a firmar um convênio que visa, por cooperação mútua entre a entidade de classe dos advogados e o TJ, a informatização das salas de audiências criminais de entrância final, Região Metropolitana de Curitiba, litoral e outras do Estado do Paraná.

Por meio desse convênio, antecipa do presidente da OAB-PR, serão informatizadas, inicialmente, 50 salas de audiências criminais que serão equipadas com microcomputadores, impressoras, monitores, duplicadores de vídeo, câmera, microfone, scanner, nobreak, e todos os demais aparelhos necessários à digitalização das audiências. Assim, frisa Hipólito, "a partir da sua digitalização as audiências criminais restarão integralmente documentadas em CDs, os quais permanecerão juntados aos autos do processo e servirão como repositório da memória plena e fidedigna de todas as ocorrências do evento."

"Essa providência implicará certamente em expressiva melhoria na condução e na participação das audiências, haja vista que a total transparência aos atos nelas produzidos não só dará maior segurança a todos, como, também, por outro lado, exigirá, de todos, atuação ainda mais cuidadosa, face à transparência total de que se revestirá o ato, porquanto, a par de eventuais irregularidades, retratará também os deslizes censuráveis e os desempenhos claudicantes de advogados, juízes e promotores", observa o presidente da OAB-PR.

Fonte: Paraná-Online.

Revista Consultor Jurídico, 15 de junho de 2003, 16h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/06/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.