Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Longe das grades

Ex-major envolvido no 'escândalo da mandioca' ganha indulto e é solto

O ex-major da Polícia Militar José Ferreira dos Anjos, conhecido como Major Ferreira, ganhou indulto e está em liberdade. Ele é um dos principais envolvidos no "escândalo da mandioca", como ficou conhecido um megadesvio de verbas da agência do Banco do Brasil de Floresta (PE) destinadas a financiamentos de atividades agrícolas entre os anos de 1979 e 1981.

O alvará de soltura, assinado pelo juiz da Primeira Vara de Execuções Penais de Pernambuco, Adeildo Nunes, foi expedido na última quinta-feira (24/7). Ferreira foi liberado no mesmo dia. Condenado a 32 anos de prisão, ele cumpriu 10 anos, sete meses e 13 dias de pena e atualmente estava recolhido na Penitenciária Agroindustrial São João, em Itamaracá

O caso do Escândalo da Mandioca ganhou notoriedade depois do assassinato do procurador federal Pedro Jorge de Melo e Silva, responsável pelo acompanhamento das investigações.

Na época, cerca de 1,5 bilhão de cruzeiros -- o equivalente a aproximadamente R$ 30 milhões -- foram desviados dos cofres públicos. Além do Major Ferreira, outros 23 acusados responderam pelos crimes de desvio e apropriação de dinheiro público federal, corrupção ativa e passiva, uso de documentos fraudulentos e falsidade ideológica.

Os outros envolvidos são políticos, funcionários do banco, pequenos e grandes agricultores e comerciantes de Floresta. O julgamento do caso foi o maior que já aconteceu no Tribunal Federal da 5ª Região e só aconteceu depois de 18 anos durante os quais corria a ação penal.

Revista Consultor Jurídico, 29 de julho de 2003, 16h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.